Logo2c.png

Eventos

Rastreabilidade da madeira tropical do Brasil

A Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com o Ibama e o Fórum Nacional das Atividades de Base Florestal (FNBF), realiza, em 9 de fevereiro de 2021, às 15h, um seminário virtual com o tema "Rastreabilidade da Madeira Tropical no Brasil".

A produção florestal sustentável tem potencial significativo para gerar receitas que aumentam o valor das florestas em pé, o que contribui para reduzir o desmatamento. Além disso, produtos feitos levando-se em consideração aspectos ambientais aumentam a oferta de empregos e elevam a renda nas localidades.

Um desafio significativo para a produção de madeira legal é a competição desleal com operações ilegais. Com menores custos de produção, madeireiros ilegais tem uma vantagem comparativa no mercado.

Há uma necessidade urgente de se promover os produtos florestais brasileiros, assegurando a manutenção das florestas em pé e a redução das emissões de GEE.

A efetivação de um sistema eficiente da Rastreabilidade, pactuado entre os diversos atores que atuam no segmento florestal (setor produtivo e órgãos fiscalizadores) é essencial para demonstrar ao mercado - doméstico e internacional - que o setor opera legalmente, em adequação às normas existentes.

A proposta do seminário é apresentar as iniciativas já existentes, coordenadas por órgãos públicos, e as preocupações e limites defendidos pelo setor de base florestal na construção de um sistema de ratreabilidade voltado à madeira tropical.

Vamos falar sobre isso?

Moderador:

Mário Cardoso - Especialista em Políticas e Indústria da Confederação Nacional da Indústria

Participantes:

Joaquim Álvaro Pereira Leite – Secretário da Amazônia e Serviços Ambientais do Ministério do Meio Ambiente

João Pessoa Riograndense Moreira Júnior – Diretor da Diretoria de Uso Sustentável da Biodiversidade e Florestas do Ibama

José Humberto Chaves – Coordenador Geral de Monitoramento e Auditoria Florestal do Serviço Florestal Brasileiro (SFB/MAPA)

Lenilson Ferreira Palheta – Engenheiro Florestal na Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado do Pará (SEMA/PA)

Suely de Fátima Menegon Bertoldi - Superintendente de Gestão Florestal da Secretaria de Meio Ambiente de Mato Grosso (SEMA/MT)

Frank Rogieri – Presidente do Fórum Nacional das Atividades de Base Florestal (FNBF)

rastreabilidade_da_madeira_tropical_do_brasil.jpg

topo