Selo-internas2.png

O que é


O Prêmio Marcantonio Vilaça, uma iniciativa da indústria brasileira, é considerado uma das mais tradicionais premiações de arte do país e completa 15 anos em 2019.

Em seis edições, 30 artistas e três curadores foram contemplados com bolsas para produção de trabalhos, que percorreram todo o Brasil em mostras itinerantes.

A cada edição, o prêmio contempla cinco artistas, que, além da bolsa, têm sua produção acompanhada por um crítico ou curador de arte. Exposições itinerantes com obras dos artistas premiados percorrem capitais de diferentes regiões do país.

Em paralelo ao Prêmio, a CNI, o SESI e o SENAI realizam o Projeto Arte e Indústria, que presta homenagem a artistas cujos processos de criação estão relacionados à produção industrial. Ao longo de suas três edições, foram homenageados os artistas brasileiros Abraham Palatnik, Amélia Toledo e Sérvulo Esmeraldo.

O papel da CNI, do SESI e do SENAI


Investir na cultura e na arte contemporânea brasileira é uma das formas de a indústria nacional contribuir para o desenvolvimento social do Brasil. A cultura e a arte proporcionam os elementos necessários para o desenvolvimento: geram trabalho, emprego e renda, e são partes cada vez mais importantes da economia. As artes também estimulam a inovação, a criatividade e a diversidade, gerando novas ideias, tecnologias e soluções para atender às necessidades e aos anseios do homem.