Consulta empresarial


Confira outras edições da pesquisa

CE - Greve RFB Edição Abril 2022

A mobilização já o maior movimento de greve dos auditores fiscais da RFB e tem acirrado as interrupções na produção da Indústria. Nesta segunda rodada da consulta realizada pela CNI é possível verificar que 69% das empresas tiveram a produção afetada, sendo que 44% registraram que foram muito afetadas pela operação padrão. Entre as importadoras, 21,2% tiveram a produção interrompida, quase três vezes mais do que os 7,8% registrados na consulta de janeiro. Nas exportações, a mobilização compromete ao menos 64% das empresas.

Saiba mais sobre essa pesquisa

CE - A importância da negociação coletiva para as indústrias após a reforma trabalhista

Duas em cada três empresas industriais consideram que a celebração de instrumentos coletivos foi importante para que se adotasse, de comum acordo, medidas voltadas à preservação do emprego e a ajustes nas rotinas de trabalho.

Saiba mais sobre essa pesquisa

CE - Greve RFB

Paralisação na Receita Federal afetou 96% das empresas industriais exportadoras e/ou importadoras consultadas pela CNI. A maior parte (90%) dos problemas são enfrentados na alfândega. Os problemas logísticos decorrentes da lentidão é apontado por 67% das empresas e, em terceiro lugar os problemas no produto, apontado por 8% das empresas na exportação e por 15% das empresas na importação.

Saiba mais sobre essa pesquisa

CE - Crise Hídrica

Nove em cada dez empresários consultados estão preocupados com a crise hídrica, sendo as maiores preocupações o aumento do custo da energia, o racionamento de energia elétrica e a possibilidade de instabilidade ou interrupções no fornecimento de energia.

Saiba mais sobre essa pesquisa

CE - Impactos coronavírus

92% das empresas consultadas são afetadas negativamente pela epidemia do coronavírus. A indústria é afetada pela crise pela queda na demanda por seus produtos, pela dificuldade em conseguir insumos e matérias-primas e pela redução da oferta de capital de giro no sistema financeiro.

Saiba mais sobre essa pesquisa

CE - Impactos após um ano de tabelamento do frete

Uma das medidas tomada pelas empresas diante do aumento dos custos causado pela tabela é o aumento o uso de frota própria e de empresas transportadoras, bem como a redução na contratação de caminhoneiros autônomos e de cooperativas de caminhoneiros. Como medida alternativa ao transporte rodoviário, 17% das empresas reportam aumento no uso de outros modais de transporte, como o ferroviário e a cabotagem.

Saiba mais sobre essa pesquisa

CE - Impactos do tabelamento do frete rodoviário

Praticamente nove de cada dez empresas (88%) percebem aumento nos custos do frete de seus produtos e/ou de seus insumos e matérias-primas na comparação com antes da greve dos caminhoneiros.

Saiba mais sobre essa pesquisa

CE - Plano Brasil maior

Há um ano, o Plano Brasil Maior foi lançado com o objetivo de estimular a atividade industrial. Contudo, até o momento o PBM não conseguiu fazer com que a indústria reencontrasse o caminho do crescimento. A CNI realizou consulta com as empresas industriais, que contou com a participação de 784 empresas de todo o País, para uma avaliação dos impactos do plano.

Saiba mais sobre essa pesquisa

CE - Tributos

Mais de 40% das empresas respondentes recebem pelas suas vendas com um prazo superior ao do recolhimento dos tributos – o prazo médio estimado de recebimento das vendas das empresas industriais é de 46 dias.

Saiba mais sobre essa pesquisa

CE - Crise internacional

Praticamente 8 em cada 10 empresas acreditam que os efeitos da crise internacional sobre a economia brasileira se tornaram mais intensos no primeiro trimestre de 2009 quando comparado à dezembro de 2008. Mais da metade das empresas afirmaram que os efeitos sobre sua empresa também se intensificaram.

Saiba mais sobre essa pesquisa