Alimentação Saudável na Indústria
www.cni.org.br

http://cni.org.br/noticias/123465978

Programa Alimentação Saudável na Indústria

O Programa SESI Alimentação Saudável na Indústria prevê ações educativas que influenciem os trabalhadores da indústria a terem hábitos alimentares mais saudáveis, além de tratamento nutricional para os casos de risco de adoecimento ou de doenças já instaladas, principalmente, obesidade, diabetes, pressão e colesterol altos.

Segundo o "Perfil Epidemiológico de Fatores de Risco para Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT's) em Trabalhadores da Indústria", do SESI, metade dos empregados está acima do peso ideal e 26,3% sofrem de hipertensão. Diante desse cenário, o investimento na melhoria da qualidade de vida dos funcionários se torna cada vez mais necessário para o aumento da competitividade das empresas.

O programa oferece intervenções em diferentes níveis de complexidade, de acordo com as necessidades de cada indústria. Para despertar nos trabalhadores o interesse por uma alimentação saudável e equilibrada, o programa oferece dois tipos de ações educativas:

  • Ações educativas pontuais: atividades com abordagem rápida, de facil aplicação, mais baratas e que prevêem interação do funcionário. Exemplos: kit palestras, material educativo e encontros coletivos com nutricionistas;
  • Ações educativas vivenciais: atividades com abordagem processual, com maior tempo de intervenção e com participação mais efetiva do trabalhador. Exemplos: Oficina Vivencial, SESI Cozinha Brasil, Curso de Planejamento de Cardápio.

Para os colaboradores que apresentam risco de desenvolver alguma doença ou já tenham enfermidades, além da educação nutricional, também é oferecido tratamento personalizado com nutricionista.


BENEFÍCIOS
Indústria
programa sesi alimentação indústria benefícios indústria A saúde e qualidade de vida do trabalhador podem refletir diretamente na sustentabilidade da empresa. Colaboradores mais saudávels e com qualidade de vida resultam em redução dos custos com problemas de saúde.


Trabalhador

programa sesi alimentação indústria benefícios trabalhador As ações educativas e o atendimento nutricional podem levar a um estilo de vida mais saudável e a redução ou eliminação dos riscos de adoecimento ou doenças já instaladas.



ETAPAS
O Programa SESI Alimentação Saudável na Indústria é dividido em sete etapas:

Identificação da demanda

 

O SESI analisa a demanda e expectativas da empresa e levanta os diagnósticos já disponíveis, como número de trabalhadores, quadro de doenças crônicas não transmissíveis, Índice de Massa Corporal (IMC) ou exames laboratoriais dos colaboradores.

Proposta técnica

 

Com base nas informações coletadas na etapa anterior, o SESI elabora a proposta técnica que contemple as necessidades específicas da empresa cliente.

Diagnóstico nutricional

 

Antes do início das ações educativas e atendimentos, o SESI aplica um questionário aos trabalhadores sobre seus hábitos alimentares. Também pode ser realizada uma Feira da Saúde, com o objetivo de verificar o estado de saúde dos colaboradores por meio de exames pré-estabelecidos. A partir das análises, os funcionários serão divididos em dois grupos: grupo saudável e grupo de risco ou com doença.

Plano de ação de atendimento

 

De acordo com o diagnóstico nutricional levantado, o SESI define e faz a sugestão das ações a serem desenvolvidas na empresa.

Lançamento

 

O SESI promove o lançamento do programa para o público interno, com o objetivo de despertar e estimular a participação dos trabalhadores nas ações a serem desenvolvidas.

Implementação

 

As intervenções previstas no programa são:

  • Atendimento clínico nutricional, para os trabalhadores com risco de desenvolvimento de Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT's), ou com doença já instalada;
  • Ações educativas pontuais, como kit palestra, kit material educativo e café da manhã com nutricionista;
  • Ações educativas vivenciais, como:
    • Cozinha Brasil, programa do SESI, cujo objetivo é ensinar receitas funcionais, saudáveis e de baixo custo para os trabalhadores e familiares, promovendo o conceito de aproveitamento integral dos alimentos;
    • Curso de Planejamento de Cardápio, cujo objetivo é oferecer aos trabalhadores conhecimentos para a elaboração de um cardápio familiar equilibrado nutricionalmente, assim como lista de compras;
    • Curso Cozinha Brasil para DCNT's, cujo objetivo é repassar aos funcionários as causas e fatores individuais de doenças como hipertensão, diabetes, obesidade e colesterol alto, além das as formas de prevenção e hábitos alimentares para uma vida saudável.

Avaliação

 

O SESI fará uma avaliação dos resultados do programa. A curto prazo, será analisado se houve melhoria das atitudes e comportamento dos trabalhadores. A longo prazo, é possível avaliar uma melhoria do estado de saúde dos indivíduos. Os indicadores vão desde pesquisas de satisfação até exames bioquímicos.