Vídeo

Inauguração do Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos
SENAI Nacional 108 VISUALIZAÇÕES | 03:21

22/11/2019

#agenciacni Tecidos que não pegam fogo ou produzidos com pêlos de cães, fragrâncias de perfumes exclusivas feitas a partir de microrganismos. Esses são alguns dos produtos inovadores desenvolvidos no Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras, inaugurado em novembro de 2019, que possui infraestrutura única na América Latina. A nova sede, de 3.500 m², está localizada no Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na Ilha do Fundão. A nova sede do Instituto possui modernos laboratórios de Biotecnologia, Engenharia de Processos, Transformação Química e Fibras. Possui infraestrutura para atender, por exemplo, a indústria de fibras, fios, tecidos e malhas, as indústrias químicas, aeroespacial, a agricultura, entre outras. Entre os cerca de cem projetos já executados estão o desenvolvimento de nova fibra anti-chamas para uso em tecidos de uniformes de proteção individual; utilização de nanocelulose em curativos para queimaduras e aditivação de grafeno em têxteis para a produção de eletrônicos vestíveis. A implantação do centro recebeu investimento de cerca de R$ 70 milhões em equipamentos de última geração. O centro parte da rede de 26 Institutos de Inovação do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). Os institutos trabalham com pesquisa aplicada, o emprego do conhecimento de forma prática, no desenvolvimento de novos produtos e soluções customizadas para as empresas ou de ideias que geram oportunidades de negócios. Desde que a rede começou a operar, em 2013, mais de R$ 700 milhões foram aplicados em mais de 650 projetos concluídos ou em execução. A estrutura conta com mais de 650 pesquisadores. Mais de 25% dos projetos desenvolvidos são em parceria com universidades, o que viabiliza a oferta de bolsas, dissemina e transborda conhecimento.