Vídeo

Dificuldades de recuperação da economia frustram planos de investimentos da indústria, diz CNI
Confederação Nacional da Indústria 58 VISUALIZAÇÕES | 52

14/06/2019

#agenciacni A pesquisa Investimentos na Indústria, da CNI, mostra que 75% das grandes indústrias brasileiras fizeram algum tipo de investimento em 2018. O número é seis pontos percentuais menor do que os 81% que planejavam investir no início daquele ano. Entre as empresas que investiram, metade (51%) não conseguiu realizar os projetos como planejado. O principal objetivo dos investimentos no ano passado foi a inovação: 53% das empresas aplicaram na melhoria ou na modernização dos processos produtivos e em novos produtos. Dessas, 36% investiram na melhoria dos processos produtivos, 13% buscaram a introdução de novos produtos e 4% aplicaram em novos processos de produção. Além disso, 28% investiram no aumento da capacidade de produção, o maior número registrado desde 2012. Mas as expectativas para este ano são positivas. Oito em cada dez indústrias de grande porte planejam investir em 2019. O número é praticamente igual aos 81% registrados no ano passado, mas está muito acima dos 67% de 2017 e dos 64% de 2016. O gerente-executivo de Política Econômica da CNI, Flávio Castelo Branco, explica os motivos da frustração dos planos das grandes indústrias e fala da importância dos investimentos para o crescimento econômico e a criação de empregos.