Vídeo

O Brasil que a gente produz: farinha de Uarini
Confederação Nacional da Indústria 212 VISUALIZAÇÕES | 03:30

05/12/2018

Esse é o lado bom. O lado ruim da fama é que a farinha é copiada sem pudor. Uarini não quer correr o risco de se tornar um sinônimo de farinha. Uarini quer ser conhecida por ter criado algo único, maior que um derivado de mandioca. Uarini quer que a sua farinha, singular como é, conte a sua história. A conversa sobre indicação geográfica chegou à região por intermédio da Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A ideia era que o reconhecimento de Indicação de Procedência, além de proteger o território e garantir a autenticidade da farinha ao consumidor, seria um elemento de união produtiva e aumento da qualidade de vida dos agricultores que vivem da farinha. Saiba mais sobre a farinha e o pedido de Indicação Geográfica no especial da Agência CNI de Notícias: https://noticias.portaldaindustria.com.br/especiais/indicacao-geografica-o-redescobrimento-do-brasil/ #agenciacni