PUBLICAÇÕES

Maio/2016

Nota Econômica

Escolha o formato e faça o download:


A indústria brasileira tornou-se menos competitiva nos últimos 10 anos. A perda de competitividade é retratada pelo crescimento do custo unitário do trabalho em dólares reais (CUT), significativamente acima de nossos principais concorrentes. O Brasil registra a maior taxa de crescimento do CUT entre 2002 e 2012. Esse resultado deve-se ao baixo crescimento da produtividade, ao crescimento do salário médio real e à apreciação do real.

Confira mais detalhes na Nota Econômica 1.





Periódicos

Nota Econômica 1

6 páginas

Nota Econômica 2

8 páginas

Nota Econômica 3

6 páginas

Edição

2016

Autor

CNI

Tema

Competitividade