www.cni.org.br

http://cni.org.br/noticias/123465978

Diretoria de Serviços Corporativos

A Diretoria de Serviços Corporativos coordena o funcionamento das áreas de recursos humanos, tecnologia de informação, finanças, arrecadação, administração, documentação e informação, planejamento, estudos e orçamento comuns à CNI, SESI, SENAI e IEL.

Também é encarregada de garantir a apuração adequada e o aperfeiçoamento contínuo dos critérios de rateio de despesas de custeio entre as entidades, observando sempre o princípio da participação proporcional ao uso.

É formada pelas gerências executivas de Finanças, de Tecnologia da Informação, de Recursos Humanos, de Administração, Informação e Documentação, de Arrecadação, de Planejamento, e Estudos e Orçamento.

 

Gerência-Executiva de Controle de Processos

 

Principais atribuições:

  • Desenvolver as atividades de controle, monitoramento e de orientação sobre processos, incluindo convênios, a partir de um programa aprovado pela presidência, no qual constará a definição do âmbito das atividades, assim como a autorização para acesso a processos, registros e outros dados que sejam relevantes para a execução de suas atribuições;

  • Apresentar relatório consolidado contendo as principais recomendações e ressalvas apontadas pela Controladoria Geral da União nos relatórios de auditorias realizadas anualmente nos departamentos nacionais e regionais das entidades vinculadas;

  • Apoiar, quando necessário, a atuação da Diretoria Jurídica nos processos perante o Tribunal de Contas;

  • Desenvolver ações para aprimoramento do relacionamento institucional com os órgãos de controle externo.

Gerência-Executiva de Finanças

 

Principais atribuições:

  • Gerir contas a pagar e a receber e emitir e efetivar os pagamentos;

  • Administrar os recursos financeiros;

  • Dar suporte ao planejamento, execução, monitoramento e prestação de contas dos convênios celebrados pelas entidades do Sistema Indústria.

Gerência-Executiva de Tecnologia da Informação

 

Principais atribuições:

  • Propor padrões tecnológicos e gerir a infraestrutura de tecnologia da informação;

  • Desenvolver, implementar e manter sistemas aplicativos;

  • Selecionar, implementar e manter pacotes de software;

  • Dar suporte aos usuários em sistemas e infra-estrutura de Tecnologia da Informação.

Gerência-Executiva de Recursos Humanos

 

Principais atribuições:

  • Gerir o Plano de Cargos e Salários e coordenar a movimentação de funcionários;

  • Apoiar o planejamento e acompanhar o Quadro de Pessoal;

  • Recrutar e selecionar novos funcionários;

  • Coordenar a avaliação do desempenho;

  • Gerir as ações de educação, treinamento e desenvolvimento dos funcionários;

  • Realizar programas de promoção da qualidade de vida dos funcionários;

  • Apoiar a Alta Administração nas relações trabalhistas.

Gerência-Executiva de Administração, Informação e Documentação

 


Principais atribuições:
  • Administrar o almoxarifado e controlar os bens patrimoniais;

  • Gerir o protocolo, a expedição e recebimento de documentos e cargas;

  • Prestar apoio logístico para o funcionamento das áreas, unidades e realização de eventos;

  • Gerir os serviços de transporte, reprografia, restaurantes, copas, mensageiros, telefonia móvel e fixa e os serviços de limpeza e segurança;

  • Prover manutenção e conservação predial e dos bens patrimoniais de interesse das entidades;

  • Identificar, organizar, arquivar e disponibilizar informações de interesse das entidades;

  • Coletar, organizar, arquivar e disponibilizar o conhecimento produzido pelas entidades;

  • Coordenar o acervo das entidades, visando à preservação da memória institucional;

  • Coordenar a normalização e padronização de documentos institucionais.

Gerência-Executiva de Arrecadação

 

Principais atribuições:

  • Acompanhar e consolidar os dados da Arrecadação Direta e Indireta do Sistema CNI;

  • Realizar projeções, para fins orçamentários e de fluxo de caixa, da receita de contribuição compulsória de SESI e SENAI e das contribuições confederativa e sindical da CNI;

  • Coordenar a ação de fiscalização da Contribuição Adicional do SENAI e da Arrecadação direta de SESI e SENAI, por meio dos pólos de fiscalização, articulando-se com os departamentos regionais de SESI e SENAI;

  • Relacionar-se com órgãos públicos, especialmente o INSS, envolvidos na arrecadação da contribuição compulsória.

Gerência-Executiva de Planejamento, Estudos e Orçamento

 

Principais atribuições:

  • Coordenar, articular e monitorar os processos de planejamento, orçamento e gestão estratégica corporativos das entidades e órgãos nacionais do Sistema Indústria;

  • Monitorar a execução dos projetos estratégicos corporativos prioritários;

  • Colaborar para a convergência das iniciativas das diretorias técnicas da CNI frente às estratégias de negócios das entidades e órgãos nacionais do Sistema Indústria;

  • Apoiar na definição das metas e indicadores corporativos e monitorar sua execução;

  • Consolidar, analisar e monitorar os orçamentos das entidades e órgãos nacionais do Sistema Indústria;

  • Coordenar o processo de elaboração e revisão dos Acordos de Níveis de Serviços (ANS) e monitorar a sua execução;

  • Coordenar a gestão do Modelo de Custos do Sistema Indústria;

  • Apurar e analisar os custos das entidades e órgãos nacionais.