www.cni.org.br

http://cni.org.br/noticias/123465978

Diretoria de Relações Institucionais

A Diretoria de Relações Institucionais, articulada com as demais diretorias da CNI, coordena as ações de representação e de defesa de interesses da indústria brasileira. Ao manter um diálogo ativo e transparente com os Poderes Executivo e Legislativo e a sociedade, a diretoria procura ampliar as ações de influência sobre as políticas públicas de interesse da indústria. A diretoria também coordena as atividades de apoio aos Conselhos Temáticos para garantir a construção de uma agenda participativa alinhada com a estratégia e fornecer insumos para o processo decisório da CNI.

É composta por cinco gerências executivas – a de Assuntos Legislativos, a de Relacionamento com o Poder Executivo, a de Relações do Trabalho, a de Meio Ambiente e Sustentabilidade e a de Infraestrutura:

Gerência-Executiva de Relações do Trabalho

 

Principais atribuições:

  • Elaborar estudos, análises e pareceres para subsidiar posicionamentos e atuação da CNI nos temas da agenda de relações do trabalho;

  • Coordenar, liderar e executar a representação da indústria em fóruns de deliberação sobre relações trabalhistas e sindical, segurança e saúde do trabalho, e previdência social;

  • Promover a difusão de informações, a articulação e a mobilização empresarial em temas trabalhistas e o diálogo com entidades de trabalhadores e instituições do trabalho.

Gerência-Executiva de Relacionamento com o Poder Executivo

 

Principais atribuições:

  • Planejar, coordenar e executar ações de defesa de interesse da indústria junto ao Poder Executivo Federal e apoiar outras unidades da CNI nessa atividade;

  • Monitorar a agenda pública, a formulação e a execução de políticas públicas pelo Poder Executivo Federal;

  • Coordenar a gestão de representantes da CNI em suas instâncias de representação, visando o alinhamento com as diretrizes dos Conselhos Temáticos/Consultivos e demais órgãos de formulação;

Gerência-Executiva de Assuntos Legislativos

 

Principais atribuições:

  • Prospectar temas e proposições legislativas em discussão e votação no Congresso Nacional;

  • Coordenar ações de defesa de interesse da Indústria junto ao Poder Legislativo;

  • Dar suporte técnico e de inteligência ao Conselho Temático Permanente de Assuntos Legislativos;

  • Coordenar o processo de elaboração da Agenda Legislativa da Indústria em parceria com RedIndústria, garantindo representatividade e confiabilidade ao documento;

  • Elaborar textos legislativos para suporte às ações de defesa de interesse da indústria.

Gerência-Executiva de Meio Ambiente e Sustentabilidade

 

Principais atribuições:

  • Gerar estudos e informações para subsidiar decisões, ações estratégicas e o posicionamento da CNI em temas relacionados com meio ambiente e sustentabilidade, com foco nos seus impactos para a indústria;

  • Avaliar e desenvolver propostas de políticas e estratégias, coordenar e secretariar conselhos e redes de meio ambiente e sustentabilidade (recursos hídricos, biodiversidade e florestas, resíduos sólidos e clima);

  • Alinhar posicionamento do setor industrial sobre temas estratégicos em meio ambiente;

  • Representar a CNI em instâncias governamentais, como Conama, CNRH, Conabio, Conaflor, Cofa, CGFLOR e Fundo Clima.

Gerência-Executiva de Infraestrutura

 

Principais atribuições:

  • Elaborar estudos, análises e pareceres para subsidiar os posicionamentos e a atuação da CNI na área de infraestrutura com o intuito de reduzir os custos e melhorar a qualidade dos serviços prestados para a indústria brasileira.

  • Avaliar e desenvolver propostas de políticas e estratégias na área de infraestrutura para o aumento da competitividade da indústria brasileira.

  • Promover a difusão de informações e alinhar o posicionamento do setor industrial sobre temas estratégicos na área de infraestrutura.

  • Coordenar e secretariar o Conselho de Infraestrutura (Coinfra) da CNI.