www.cni.org.br

http://cni.org.br/noticias/123465978

Conselhos Temáticos

Os Conselhos Temáticos são órgãos consultivos da Diretoria da CNI. Formados por 30 representantes de Federações de Indústrias e de Associações Nacionais Setoriais, os Conselhos Temáticos se reúnem periodicamente para discutir e apresentar informações e propostas que orientam as decisões da diretoria e as ações da CNI na defesa de interesses da indústria brasileira.

Atualmente a CNI mantém 12 Conselhos Temáticos:

Assuntos Legislativos (CAL)

 

Analisa e orienta a ação política da CNI no Congresso Nacional, com foco no acompanhamento e na defesa de interesses no processo legislativo. Além disso, articula apoio político a projetos importantes para o setor industrial, divulga posições da CNI sobre os projetos em tramitação e participa do processo de formulação da Agenda Legislativa da Indústria.

Educação (COED)

 

Promove o debate sobre a educação brasileira, nos vários níveis e modalidades, a partir da visão da indústria e com o objetivo de promover uma formação de qualidade que capacite os jovens para os desafios do mercado. Também identifica e apoia a difusão de boas práticas educacionais e recomenda ações que fortaleçam a educação no país e o desenvolvimento do empreendedorismo.

 

 

Infraestrutura (COINFRA)

 

Avalia e acompanha a disponibilidade e a qualidade da infraestrutura no Brasil. Propõe sugestões para ampliação e modernização do sistema de transportes, portos, aeroportos, saneamento básico, energia e telecomunicações. Também acompanha e faz propostas para o aperfeiçoamento dos marcos regulatórios desses setores.

Integração Internacional (COINTER)

 

Analisa a política de comércio exterior brasileira, as regras do comércio internacional e as negociações de acordos com outros países e blocos econômicos. Apoia a integração da indústria com o mercado mundial. Realiza ações de promoção comercial, de investimentos e de acordos comerciais bilaterais e multilaterais e de integração econômica.

Integração Nacional (CIN)

 

Estuda as diferenças regionais, com o objetivo de propor alternativas para reduzir as desigualdades e promover o desenvolvimento econômico e social equilibrado em todo país. Apresenta propostas para a formação do posicionamento da CNI em relação à redução das disparidades regionais.

Meio Ambiente e Sustentabilidade (COEMA)

 

Acompanha legislações e tendências, avalia políticas públicas, estimula o uso eficiente dos recursos naturais, promove a inserção da sustentabilidade nas estratégias de negócios visando o aumento da competitividade das indústrias. Promove o debate com especialistas e autoridades na área ambiental em temas como licenciamento, biodiversidade, florestas, recursos hídricos, clima, energia, produção e consumo sustentável, resíduos, entre outros. 

Micro e Pequena Empresa (COMPEM)

 

Debate e formula propostas de políticas de incentivo à expansão dos pequenos empreendimentos. Faz estudos e propõe estratégias para ajudar as micros e pequenas empresas a investir em inovação tecnológica, capacitação empresarial e acesso ao mercado internacional.

Política Econômica (COPEC)

 

Acompanha o desenvolvimento da economia brasileira e mundial. Estuda as mudanças na política econômica, debate tendências, avalia e propõe políticas nas áreas monetária, cambial, fiscal, tributária e de crédito.

Política Industrial e Desenvolvimento Tecnológico (COPIN)

 

Monitora a aplicação das políticas públicas que promovem o desenvolvimento industrial e tecnológico. Promove o debate e apresenta propostas para o aperfeiçoamento da política industrial e dos incentivos à inovação.

Relações do Trabalho e Desenvolvimento Social (CRT)

 

Apresenta propostas de alterações da legislação e reforma trabalhista, conforme princípio da modernização e da harmonia das relações entre capital e trabalho. Examina as tendências do mercado de trabalho, as políticas de empregos e salários no país, a legislação e as relações internacionais do trabalho.

Responsabilidade Social (CORES)

 

O Conselho de Responsabilidade Social da CNI tem como objetivo estimular o desenvolvimento integrado e em rede de ações, políticas e iniciativas de responsabilidade social nas federações, associações e empresas industriais. Mapeia as diversas formas de atuação das empresas nas questões sociais, seus resultados e perspectivas de sustentação e disseminação, promovendo a difusão de boas práticas de responsabilidade social empresarial.



 

Agronegócios (COAGRO)

 

Acompanha a legislação, estuda e debate o aperfeiçoamento das regras, dos regulamentos e da tributação que têm impacto na agroindústria. Busca estreitar o diálogo entre empresas, governo e parlamentares para garantir a expansão do setor.