http://portaldaindustria.com.br/agenciacni/

Notícias

01 Dez 2014

CNI inaugura escritório brasileiro da International Chamber of Commerce

Organização mundial, que reúne empresas de mais de 130 países, terá sede em São Paulo. Objetivo é ajudar o Brasil ampliar a participação na economia global

O lançamento do escritório brasileiro da International Chamber of Commerce (ICC), nesta segunda-feira, (1º), em São Paulo, ajudará a ampliar a presença do Brasil na economia global. A ICC Brasil é uma organização mundial que representa mais de 6 milhões de empresas e associações de 130 países. Entre as atividades, está o estabelecimento de diretrizes que afetam o comércio e investimentos no mercado internacional e o apoio a empresas em questões de conflito por meio da Corte Internacional de Arbitragem.

“O Brasil tem muitos desafios. Entre eles está o de se integrar mais à economia global. Isso exige uma ação mais atuante nos fóruns internacionais. A ICC Brasil é uma maneira de termos uma interlocução com outros países e de ter uma câmara de arbitragem internacional para as empresas brasileiras discutirem questões societárias com outras empresas internacionais”, afirma o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade.

A ICC Brasil, com sede no escritório da CNI, em São Paulo,  oferecerá informações sobre práticas comerciais mundiais, além de abrir às empresas brasileiras a possibilidade de influenciar instâncias de governança mundial, como Nações Unidas e a Organização Mundial do Comércio (OMC), por exemplo. A organização teve importante papel, por exemplo, na negociação entre Estados Unidos e Índia na semana passada, quando chegaram a um entendimento que destravou a negociação do acordo de facilitação de comércio da OMC.

O primeiro passo da ICC Brasil será a criação de um comitê de arbitragem, segundo o diretor-executivo da ICC Brasil, Julian Kassum. Além disso, a organização levará as perspectivas das empresas brasileiras para negociações com os organismos internacionais, como OMC e G-20. “A ICC dá mais força à indústria e ajuda a participar do comércio internacional. Um exemplo é a produção de contratos modelos para negócios em outros países, o que é muito útil para empresas pequenas que querem exportar”, afirma Kassum.

O secretário-geral da ICC internacional, embaixador John Danilovich, reforça que o escritório brasileiro amplificará a voz das empresas brasileiras. “As vantagens de abrir mercado são muitas. Comércio significa crescimento e crescimento significa prosperidade. É necessário aumentar o fluxo de bens e serviços entre fronteiras”, destaca.

Por Mariana Flores, de São Paulo
Para o Portal da Indústria

Comentários