http://portaldaindustria.com.br/agenciacni/

Notícias

05 Ago 2014

Faturamento da indústria cai 5,7% em junho, aponta CNI

Pesquisa mostra que a retração da atividade começa a ter impacto sobre o mercado de trabalho. O emprego recuou 0,5% e a massa real de salários diminuiu 0,8%

O faturamento real da indústria caiu 5,7% e as horas trabalhadas na produção tiveram queda de 3% em junho na comparação com maio, na série livre de influências sazonais. "Os resultados de junho apontam a quarta queda consecutiva da atividade industrial, com intensificação do movimento de baixa", informam os Indicadores Industriais, divulgados nesta terça-feira (5), pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

De acordo com a pesquisa, o nível de utilização da capacidade instalada recuou 0,5 ponto percentual em junho frente a maio, e ficou em 80,1%, na série de dados dessazonalizados. No mesmo período e na mesma base de comparação, o emprego diminuiu 0,5% e a massa salarial real teve queda de 0,8%.

Foi o quarto mês consecutivo de retração no emprego e nos salários, confirmando que a baixa atividade começa a ter impacto sobre o mercado de trabalho. "Dentre as explicações para o agravamento do quadro, estão as interrupções de jornada e a queda nas vendas, ambas devido à Copa do Mundo", analisa a CNI. Para o gerente executivo da Unidade de Política Econômica da CNI, Flávio Castelo Branco, a recuperação da atividade industrial depende da retomanda dos investimentos. Ouça:

DESEMPENHO NO SEMESTRE - No primeiro semestre do ano, o faturamento real caiu 1% e as horas trabalhadas na produção tiveram queda de 2,2%, frente a igual período do ano passado. Na mesma base de comparação, o emprego acumula alta de 0,9% e a massa real de salários, por sua vez, de 3,8%.

O faturamento e as horas trabalhadas na produção são os principais indicadores da atividade. A retração no primeiro semestre confirma que a situação da indústria continua preocupante.

CNI MODERNIZA APRESENTAÇÃO DAS PESQUISAS - A partir deste mês, as pesquisas e os estudos da CNI (disponíveis em PDF) ganham nova roupagem. Ao mudar o layout e as cores, realçar gráficos e informações relevantes, a CNI moderniza seus produtos para facilitar a leitura nas telas de computadores, tablets e smartphones.

Além disso, em setembro todas as pesquisas e estudos serão reunidos em uma página no Portal da Indústria com novas funcionalidades, que facilitarão a pesquisa de dados e informações.

SAIBA MAIS - Acesse a página dos Indicadores Industriais para fazer o download da pesquisa de junho e de outros meses.

Do Portal da Indústria


Comentários