PROPRIEDADE INTELECTUAL

NOTÍCIAS

18 de Abril de 2014 às 17:37

Programa estimula o registro de 'Patentes Verdes' no País

O programa ‘Patentes Verdes’, iniciado em abril de 2012, encontra-se agora na sua terceira fase, que se estenderá até 16 de abril de 2015 ou até atingir 500 novas vagas.

A iniciativa visa contribuir para o enfrentamento das mudanças climáticas globais e busca a acelerar o exame dos pedidos de patentes relacionados a tecnologias voltadas para o meio ambiente. Com o Patentes Verdes, o Inpi também possibilita a identificação de novas tecnologias que possam ser rapidamente usadas pela sociedade, estimulando o seu licenciamento e incentivando a inovação no País.

Segundo informações do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi), após nova ampliação, os pedidos via Tratado de Cooperação em Matéria de Patentes (PCT, na sigla em inglês) poderão participar. O Instituto divulgará em breve a nova Resolução do Programa Piloto de Patentes Verdes.

 

Sobre o Inpi

Instituto Nacional da Propriedade Industrial é uma autarquia federal vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). É responsável pelo aperfeiçoamento, disseminação e gestão do sistema brasileiro de concessão e garantia de direitos de propriedade intelectual para a indústria.

Entre os serviços do Instituto, estão os registros de marcas, desenhos industriais, indicações geográficas, programas de computador e topografias de circuitos, as concessões de patentes e as averbações de contratos de franquia e das distintas modalidades de transferência de tecnologia. Na economia do conhecimento, estes direitos se transformam em diferenciais competitivos, estimulando o surgimento constante de novas identidades e soluções técnicas.

Fonte:
Instituto Nacional da Propriedade Industrial

* Disponível em http://www.brasil.gov.br/ciencia-e-tecnologia/2014/04/programa-estimula-o-registro-de-patentes-verdes-no-pais