PROPRIEDADE INTELECTUAL

NOTÍCIAS

1 de Abril de 2013 às 23:00

EUA negam patente a iPad mini

Apple tem até 24 de julho para justificar por que aparelho é diferente e único. Para gabinete de marcas e patentes, argumentos da empresa são fracos

O gabinete americano de marcas e patentes rejeitou o pedido da fabricante de computadores Apple de proteger a propriedade do nome de seu minitablet por considerar os argumentos da empresa muito fracos.

A multinacional tem até 24 de julho para justificar em que medida o iPad mini é diferente e único. "Neste caso, tanto o componente individual quanto o componente resultante são uma descrição do objeto do demandante, mas não constituem uma criação única", afirma a comissão em sua decisão publicada no dia 24 de janeiro, mas que acaba de ser divulgada.

Se a Apple não demonstrar ao gabinete americano que o iPad mini é um conceito diferente, não poderá "exigir direitos exclusivos sobre os termos que outros podem precisar para descrever seus bens ou serviços no mercado", acrescenta o documento.
O minitablet da Apple foi colocado à venda em novembro de 2012. A tela mede 20 centímetros e pesa a metade que o iPad original, apenas 308 gramas.

 

* Matéria publicada em 31/03/2013