PROPRIEDADE INTELECTUAL

NOTÍCIAS

18 de Outubro de 2013 às 18:48

Colômbia é líder na América Latina em relação a trâmites de patentes

A Proexport Colômbia, organização governamental focada em promover o turismo, as exportações e os investimentos da Colômbia em diversos países, anunciou a Superintendência de Indústria e Comércio (SIC) como líder na América Latina quanto aos trâmites de expedição de patentes.

A classificação da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI) mostra que o país leva 34 meses para fazer entrega da titularidade de invenção a uma pessoa ou organização. No nível continental, a SIC da Colômbia só é ultrapassada pela sua homóloga dos Estados Unidos, onde um trâmite do mesmo tipo acontece cinco meses mais rápido.

Globalmente, a autoridade de competência e propriedade industrial na Colômbia é superada nesse aspecto somente pela China, Alemanha, Reino Unido, Japão e Coréia do Sul. A rapidez da entidade local supera também o Escritório Europeu de Patentes, onde a concessão demora 45 meses. A SIC apontou que, em agosto de 2010, o tempo médio para dar resposta e solução a um pedido desse gênero era de em média 63 meses, passando em 2013 a formar parte do grupo dos sete escritórios mais ágeis do planeta.

Para o superintendente da entidade, Pablo Felipe Robledo, o avanço, entre outros motivos, é em função do aumento do número de profissionais envolvidos, que, de 354 funcionários em 2009, passou para 599 em 2012. Além disso, o aumento de orçamento permite um atendimento mais rápido. Em 2014, o orçamento da SIC alcançará 121 milhões de pesos.

* Matéria publicada em 18/10/2013