PROPRIEDADE INTELECTUAL

NOTÍCIAS

23 de Fevereiro de 2014 às 23:00

Artista plástico do Sertão utiliza técnica patenteada e ganha destaque

 

O artista plástico Gérson Guerreiro, que tem estúdio em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, ganhou o mundo com as suas pinturas. Ele utiliza uma técnica própria, registrada no seu nome internacionalmente. Gérson, que tem aptidão para as artes desde criança, trabalha com pintura há 17 anos. Ele nasceu em Juazeiro, na Bahia, cidade vizinha à Petrolina, e realiza exposições por toda Europa.
O avô materno do artista era artesão e a mãe sempre gostou de pinturas. Em entrevista ao G1, Guerreiro conta como surgiu a técnica de pintura em acrílico, utilizando os dedos. “Para criar minha técnica, me inspirei em pintores vanguardistas, justamente de onde veio o interesse. Foi uma inquietação em desenvolver um trabalho diferente, fugindo do modo tradicional, acadêmico. Eles revolucionaram e me chamou a atenção essa coisa de buscar o novo. Estes artistas foram uma espécie de farol para mim”, relata.

A técnica foi criada em 2008 e se chama ‘Touch Mind Art’. O touch significa toque, ter contato e o mind, mente, sentimento. Para o artista o nome “é um paradoxo, é para instigar o observador a tocar, mas não com mãos, com o coração, a mente, os sentimentos. É tudo em relevo, chama muito a atenção”, explica.

O artista plástico explora bastante as cores no seu trabalho e conta qual é a sua inspiração. “Nas minhas telas tem muita liberdade no uso das cores, no tratamento de assuntos do cotidiano e sentimentos. Se me perguntarem qual é a fonte de inspiração para o meu trabalho, digo que é a vida, os sentimentos e o cotidiano”, ressalta.

Guerreiro, que é empresariado por uma agência da Europa, fez oito exposições em 2013 pelo continente, na França, Espanha, Portugal e Itália. Na América Latina fez exposições na Venezuela e Colômbia. Dia 7 de abril, o pintor viaja para expor seu trabalho em Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Para a técnica ‘Touch Mind Art’ ser registrada no nome do artista plástico, uma empresa internacional fez uma varredura em 70 países, para ver se não existia alguém que já utilizava. O processo durou dois anos e em 2010 a técnica foi registrada no nome de Gérson Guerreiro.

“Produzo em Petrolina e levo para o mundo, é do Sertão para o mundo. A região é muito inspiradora para mim”, concluiu o pintor que é pós-graduado em História da Arte e graduado em Artes Visuais pela Faculdade Belas Artes em São Paulo- SP.

Outras informações sobre o trabalho do artista no seu site. Confira a galeria de imagens das obras de Guerreiro.

Serviço
Estúdio Gérson Guerreiro
Endereço: Rua Luciano Patriota, nº 200, Jardim Colonial, em Petrolina, PE.
Contato: (87) 8818-0630

* Disponível em http://g1.globo.com/pe/petrolina-regiao/noticia/2014/02/artista-plastico-do-sertao-utiliza-tecnica-patenteada-e-ganha-destaque.html?fb_action_ids=392396307563868&fb_action_types=og.recommends&fb_source=other_multiline&action_object_map=[458793460914318]&action_type_map=["og.recommends"]&action_ref_map=[]