NOTÍCIAS

19 de Outubro de 2017 às 12:31

FIEAC orienta Planejamento Estratégico do Sindicato da Indústria de Olaria do Acre

A iniciativa, que faz parte do Programa de Desenvolvimento Associativo (PDA), foi desenvolvida em reuniões realizadas nos dias 20 e 27 deste mês, no Espaço Sindical, na sede da Casa da Indústria, em Rio Branco.

Publicada em 29/09/2017 pelo site da FIEAC

 

PDA orienta Planejamento Estratégico do Sindicato da Indústria de Olaria do Acre

O sindicato que possui um bom planejamento estratégico consegue enxergar de forma eficaz o caminho para crescer e expandir sua atuação e do setor industrial que representa. Essa é a visão da Confederação Nacional da Indústria (CNI) que, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC), orientou neste mês o Planejamento Estratégico do Sindicato da Indústria de Olaria do Estado do Acre (Sindoac).

A iniciativa, que faz parte do Programa de Desenvolvimento Associativo (PDA), foi desenvolvida em reuniões realizadas nos dias 20 e 27 deste mês, no Espaço Sindical, na sede da Casa da Indústria, em Rio Branco. No primeiro encontro foi feita a revisão do Planejamento Estratégico. Já o encontro final serviu para a construção do Plano de Ação do Sindoac.

Consultor da CNI responsável por orientar o Planejamento Estratégico, Marcos Suassuna detalhou a proposta. “Por meio de reuniões com a diretoria do sindicato, a entidade define sua identidade organizacional, faz análise do contexto em que está inserida e verifica o que é fundamental para sua atuação. Isto é, estabelece as ações estratégicas, através de seu plano de ação, para implementação em benefício e direito de interesse de seus associados. É um trabalho feito em prol de todo o setor”, destacou Suassuna.

Presidente do Sindoac, Márcio Valter Agiolfi enfatizou a importância do Planejamento Estratégico para a consolidação de avanços do setor de olaria e também para uma melhor organização da classe no Estado. “Esse planejamento estratégico é fundamental para darmos um norte para o sindicato, traçarmos os objetivos e metas, além de organizarmos de forma mais pontual a categoria. É essencial termos metas e objetivos a serem alcançados”, ressaltou Agiolfi.