NOTÍCIAS

14 de Julho de 2017 às 13:09

FIEMT - Indústrias aprendem a fazer boa gestão de SST no eSocial

Empresas industriais de Sorriso e região participaram de capacitação gratuita promovida pela Fiemt e Simas

Clique para ampliar

“Um dos objetivos do eSocial é dinamizar a fiscalização, tornando-a mais eficaz. Assim, é preciso estar atento às informações enviadas para evitar notificações e passivos”. O alerta é do consultor da Confederação Nacional da Indústria (CNI), João Carlos Araújo, que ministrou curso ao longo desta terça-feira (11/07), na Câmara Municipal de Sorriso, para ensinar os empresários da região a gerir as informações de Saúde e Segurança no Trabalho (SST) no eSocial.

O programa do Governo Federal vai reunir em um mesmo sistema todas as informações relativas aos empregados das empresas dos setores da indústria, comércio e serviço. “Não há uma mudança de legislação com o eSocial. O que tem é uma mudança de gestão e, principalmente, de cultura. A empresa tem que mudar a cultura, nem que seja de cima pra baixo”, reforça o consultor.

Ele aponta cinco fatores de sucesso na gestão de SST no eSocial, são eles: ter o apoio da alta administração da empresa; Adotar uma perspectiva multidisciplinar com ajustes nas soluções tecnológicas disponíveis, papeis, qualificação e responsabilidades das pessoas; Fazer um diagnóstico da situação atual em relação aos requisitos do eSocial; Implementar uma gestão de projetos; E, por fim, implementar uma gestão de mudanças para conscientizar e preparar os profissionais e gestores para atuar no novo contexto.

Araújo, que é especialista em Saúde e Segurança no Trabalho, ressalta que as empresas devem qualificar as informações dos programas legais de Saúde e Segurança no Trabalho como, por exemplo, o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), o Programa de Ergonomia e o Programa de Prevenção de Acidentes.

O Curso em Sorriso foi promovido pela Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt), em parceria com o Sindicato das Indústrias de Base Florestal de Sorriso (Simas). A capacitação integra as ações do Programa de Desenvolvimento Associativo (PDA), iniciativa da CNI com apoio do Sebrae.

Cronograma eSocial - As empresas que tiveram faturamento igual ou acima de R$ 78 milhões em 2014 deverão informar, a partir de 1ª de janeiro de 2018, os eventos iniciais do eSocial. Já as informações de SST serão informadas a partir de julho de 2018. As demais empresas deverão informar obrigatoriamente os eventos iniciais em julho de 2018 e as informações referentes à Segurança e Saúde no Trabalho a partir de janeiro de 2019.

 “Temos certo tempo até a obrigatoriedade, mas é um assunto complexo. E com o curso e todas as informações que o professor repassou percebi que é mais complexo ainda. Tenho certeza que o quanto antes começar a estudar e se preparar para a mudança, mais fácil e tranquilo será a transição. Foi um curso muito proveitoso e que nos ajudará no processo”, afirmou Angélica de Oliveira, responsável pela gestão administrativa e financeira de uma madeireira em Sinop.

O próximo curso do PDA será nesta quinta-feira (13/07), em Sinop, com o tema “Como Evitar Problemas Trabalhistas?”. Mais informações podem ser obtidas com a Unidade Estratégica de Desenvolvimento Associativo (UEDA) da Fiemt pelo telefone (65) 3611-1666/1676 ou pelo e-mail: ueda@fiemt.com.br.