Boa Prática

27/11/2015

Início > DESCRIÇÃO DE CARGOS E SALÁRIOS

DESCRIÇÃO DE CARGOS E SALÁRIOS

Sindicato: Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Rio do Sul/SC (Simmmers/SC)

Presidente do sindicato: Germano Emílio Pumhagen

Mandato: 9/2014 a 9/2017

Federação: FIESC

Início de execução da prática: 5/2001
Fim de execução da prática: Até hoje

Raio-X da prática

O quadro funcional do Simmmers/SC reúne quatro profissionais: gerente executivo, relações institucionais, relações administrativas e assistente administrativo, ambos com longo tempo de atividade e conhecimento de processos e rotinas que permeiam o dia a dia da entidade.
Registrar e descrever as funções do corpo funcional surgiu como causa e consequência de uma organização que registra baixíssimo nível de rotatividade de pessoas e alto grau de especialização nas funções individuais.


Como surgiu a ideia

A descrição de cargos e salários teve origem no mapeamento dos processos internos, sucedida pela descrição de atividades diárias realizadas em áreas de negócios como: comunicação e relacionamento, finanças e contabilidade, rotinas administrativas e prestação de serviços.
Respaldada pela diretoria do Simmmers/SC, a descrição de cargos e salários pode ser encarada como uma forma de oferecer consistência aos processos internos e alicerçar adequadamente o funcionamento cotidiano da entidade.


Como fazer acontecer

Por deterem domínio das atividades que coordenam e pela afinidade com elementos de gestão, foi fácil oferecer caráter formal ao organograma funcional da entidade e as atribuições e responsabilidades associadas a cada função individual.
De forma complementar, o Simmmers/SC investe na formação continuada de seu quadro funcional, tanto por intermédio de capacitações ministradas na entidade, para seus públicos de interesse, quanto por ações promovidas por entidades parceiras como a FIESC, SESI e o SEBRAE.


Principais resultados

O nível de formação profissional do quadro funcional do Simmmers/SC é considerado bastante elevado para os padrões registrados usualmente por entidades de representação empresarial. O executivo da entidade possui mestrado e graduação em Administração de Empresas e os demais integrantes da equipe todos possuem formação em nível superior, o que contribuiu para maior percepção de valor sobre a necessidade de documentação e controle dos processos internos, entre eles a Gestão de Recursos Humanos e, mais, particularmente, a descrição de cargos e salários.
Como consequência do desenho organizacional proposto, cada ator tem pleno conhecimento de suas atribuições, responsabilidades e autoridade. Desde as instâncias decisórias à estruturas executiva e operacional da entidade.
Os índices de rotatividade de pessoal no Simmmers/SC podem ser considerados baixos até quando comparados a grandes corporações. O secretário executivo conta com 28 anos de dedicação ao sindicato e os outros três profissionais que integram o quadro administrativo do sindicato têm entre três e cinco anos de casa, o que reitera o bom ambiente de trabalho e a sustentabilidade institucional da entidade sob o pontos de vista da gestão e administração.


Termômetro da boa prática

Complexidade: média
Investimento: baixo
Retorno institucional: alto
Contribuição para a competitividade: média


Resultado

Respaldar o bom funcionamento dos processos internos pela descrição de cargos e salários corresponde ao alicerce da criação de um quadro funcional apto para o cumprimento dos objetivos estratégicos institucionais.


Saiba mais

Se você tem interesse em obter mais informações sobre a boa prática, entre em contato com o sindicato ou com a FIESC.

Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Rio do Sul/SC (Simmmers/SC)/SC: executivo@simmmers.com.br

FIESC: dea.atendimento@fiesc.com.br