Boa Prática

10/11/2015

Início > ESCOLA DO PLÁSTICO

ESCOLA DO PLÁSTICO

Sindicato: Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Estado do Espírito Santo (Sindiplastes)

Presidente do sindicato: Neviton Helmer Gasparini

Mandato: 4/2013 a 4/2016

Federação: FINDES

Início de execução da prática: 10/2010
Fim de execução da prática: Até hoje

Raio-X da prática

A Escola do Plástico é uma parceria do Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado do Espírito Santo (Sindiplastes) com a Federação das Indústrias do Espírito Santo (FINDES), por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/ES).
A escola, localizada no Senai-Civit, no município da Serra – Região Metropolitana de Vitória (RMV), ocupa espaço de 600 metros quadrados, dimensionados para apresentação de aulas teóricas e práticas. As instalações têm recebido constante aporte de novos equipamentos para realização de capacitação, com destaque para o curso de Técnico em Plástico, inédito no Estado, e que, recentemente, teve uma segunda turma constituída.


Como surgiu a ideia

A Escola do Plástico foi idealizada pela diretoria do Sindiplastes, no ano de 2010, com o propósito prevalente de suprir demandas pela formação de mão de obra qualificada e respaldar o aumento da competitividade do setor de transformados plásticos no Estado do Espírito Santo.
As negociações com a FINDES para criação da instituição de ensino culminariam com o lançamento da pedra fundamental da Escola do Plástico em 12 de novembro de 2013. Anteriormente a esse período, diferentes ações de qualificação profissional e o curso de Técnico em Plástico, eram ministrados na infraestrutura já existente no Senai/ES.


Como fazer acontecer

A Escola do Plástico conta com corpo técnico formado por oito profissionais que atuam nas funções de gerente, coordenador administrativo, coordenador pedagógico, docente facilitador do plástico, docentes de educação profissional do plástico (fixo e temporário), docente de educação profissional de Ferramentaria (temporário) e docente de educação profissional de ferramentaria (trainee).
O processo de aparelhamento da escola tem tido continuidade com a chegada de equipamentos complementares, que incluem máquina injetora, dosador, alimentador e desumidificador de materiais. Também foi finalizada a contratação de empresa especializada de engenharia, para a implementação dos projetos das utilidades elétrica, hidráulica e de ar comprimido.
No total, os investimentos na Escola do Plástico chegam a R$ 4 milhões. Somente em equipamentos, são R$ 1,2 milhão investidos, o que coloca a Instituição entre as mais modernas e bem equipadas do país para as atividades práticas e teóricas voltadas para o segmento de transformados plásticos.
Na grade de capacitação oferecida pela escola figuram nove cursos em diferentes áreas do setor: ferramenteiro de moldes plásticos; preparador e regulador de extrusoras de chapas e grãos; preparador e regulador de máquinas de termoformagem; preparador e regulador de impressão Dry Off Set. Outros três conteúdos de formação profissional estão em andamento e dois novos títulos serão oferecidos em 2016: Laminador de tubulações de plástico reforçado com fibra de vidro – PRFV e Segurança em Operação de Injetoras (NR12).


Principais resultados

A Escola do Plástico tem representado forte agente de captação e fidelização de associados, que enxergaram em sua criação uma prova do alinhamento da estratégia do Sindiplastes com as necessidades das empresas do setor e uma contribuição efetiva para a melhoria da competitividade dos produtos de transformados de plásticos do Espírito Santo nos mercados local e nacional. Também é percebido grande impacto sobre a visibilidade institucional ao Sindiplastes perante a sociedade e instituições parceiras.


Termômetro da boa prática

Complexidade: alta
Investimento: alto
Retorno institucional: alto
Contribuição para a competitividade: alta


Resultado

A Escola do Plástico tem representado forte agente de captação e fidelização de associados, que enxergaram em sua criação uma prova do alinhamento da estratégia do Sindiplastes com as necessidades das empresas do setor e uma contribuição efetiva para a melhoria da competitividade dos produtos de transformados de plásticos do Espírito Santo nos mercados local e nacional. Também é percebido grande impacto sobre a visibilidade institucional ao Sindiplastes perante a sociedade e instituições parceiras.


Saiba mais

Se você tem interesse em obter mais informações sobre a boa prática, entre em contato com o sindicato ou com a FINDES.

Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Estado do Espírito Santo (Sindiplastes)/ES: sindiplastes@sindiplastes.org.br

FINDES: pda@findes.org.br