Boa Prática

10/11/2015

Início > USO DA PODA DO CAJUEIRO PELA INDÚSTRIA CERÂMICA

USO DA PODA DO CAJUEIRO PELA INDÚSTRIA CERÂMICA

Sindicato: Sindicato das Indústrias de Cal e Gesso, Olaria, Ladrilhos Hidráulicos e Produtos de Cimento e Cerâmica para Construção no Estado do Ceará (Sindcerâmica/CE)

Presidente do sindicato: Marcelo Tavares

Mandato: 1/2015 a 1/2019

Federação: FIEC

Início de execução da prática: 2/2013

Raio-X da prática

A utilização da poda de cajueiro como fonte de energia pelas indústrias ceramistas é uma prática comum na região metropolitana de Fortaleza e do Baixo Jaguaribe. No entanto, a edição de uma Portaria que exigia o Documento de Origem Florestal (DOF) para o manuseio e transporte da poda poderia inviabilizar o uso desse insumo devido ao aumento dos custos e da burocracia.

Nesse cenário, o Sindicerâmica/CE firmou parceria com a FIEC e outros atores interessados e, após alguns meses de negociações com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), a Portaria foi revogada e o transporte da poda do cajueiro foi autorizado, com exigência exclusiva de nota fiscal.


Como surgiu a ideia

O estado do Ceará possui cerca de 365 mil hectares de área plantada com o cultivo do caju, segundo dados do IBGE. Estudos corroboram a importância da poda: ela será tão mais necessária quanto mais intensiva for a exploração do cajueiro. Além disso, por meio da poda do cajueiro pode-se melhorar o tamanho e a qualidade dos frutos, atendendo as demandas do mercado consumidor.

O material lenhoso produzido a partir da poda dos cajueiros possuía algumas destinações, mas gerava resíduos sólidos, que eram deixados na natureza, Foi então que os empresários da indústria cerâmica, muitos deles detentores de plantios de cajueiros, perceberam que poderiam aproveitar esse material como fonte de energia em suas indústrias.

Ao perceber que essa prática econômica, social e ambientalmente positiva seria posta em cheque com a edição Portaria do MMA, o Sindicerâmica/CE atuou para reverter o quadro, resguardando os interesses do setor.


Como fazer acontecer

Para convencimento do Ministério do Meio Ambiente, o Sindicerâmica/CE e a FIEC atuaram de maneira coordenada com o Sindicato das Indústrias de Beneficiamento de Castanha de Caju e Amêndoas Vegetais do Estado do Ceará (Sindicaju/CE) e com o governo do Ceará.

O Núcleo de Meio Ambiente da FIE apoiou o sindicato levantando dados e informações técnicas sobre os benefícios da poda do cajueiro, sob quatro aspectos: i) a geração de emprego e renda; ii) o aprimoramento da produção do caju; iii) a viabilidade econômica desse insumo para a indústria cerâmica; e iv) os benefícios
para o meio ambiente.

A argumentação técnica contundente foi fundamental para que o Sindicerâmica/CE e seus parceiros conseguissem demonstrar ao MMA o impacto negativo que a Portaria estava causando aos produtores de caju, às indústrias ceramistas e ao meio ambiente.


Principais resultados

A revogação da Portaria pelo Ministério do Meio Ambiente trouxe ganhos para a competitividade das indústrias ceramistas, que puderam reduzir seus custos com o manejo e com o transporte do material lenhoso, cumprindo a legislação.

Para o Sindicerâmica/CE, a ação resultou no aumento do nível de satisfação dos associados e na melhoria da percepção da sociedade sobre o setor. A sociedade foi beneficiada com a geração de empregos e renda, e pelo melhor aproveitamento dos resíduos gerados pela poda do cajueiro.


Termômetro da boa prática

Complexidade: média
Investimento: baixo
Retorno institucional: alto
Contribuição para a competitividade empresarial: alta


Resultado

A revogação da Portaria pelo Ministério do Meio Ambiente trouxe ganhos para a competitividade das indústrias ceramistas, que puderam reduzir seus custos com o manejo e com o transporte do material lenhoso, cumprindo a legislação. Para o Sindicerâmica/CE, a ação resultou no aumento do nível de satisfação dos associados e na melhoria da percepção da sociedade sobre o setor.


Saiba mais

Se você tem interesse em obter mais informações sobre a boa prática, entre em contato com o sindicato ou com a FIEC.

Sindicato das Indústrias de Cal e Gesso, Olaria, Ladrilhos Hidráulicos e Produtos de Cimento e Cerâmica para Construção no Estado do Ceará (Sindcerâmica/CE)/CE: sindceramica-ce@sfiec.org.br

FIEC: lucia@sfiec.org.br