Boa Prática
Início > AUMENTO DAS RECEITAS NÃO COMPULSÓRIAS

AUMENTO DAS RECEITAS NÃO COMPULSÓRIAS

Sindicato: Sindicato das Indústrias da Construção Civil no Estado do Paraná (Sinduscon/PR)

Presidente do sindicato: José Eugênio Souza Gizzi

Mandato: 11/2014 a 11/2016

Federação: FIEP

Início de execução da prática: 3/2003

Raio-X da prática

Com o objetivo de aumentar as receitas provenientes de contribuições não compulsórias, o Sinduscon/PR implementou uma área comercial e de relacionamento com o associado. Composta por dois profissionais, a área é responsável pela captação de patrocinadores e anunciantes, bem como pela busca ativa de novos associados.
Ao longo dos últimos 12 anos, a atuação da área comercial proporcionou um aumento significativo na arrecadação do Sinduscon/PR e uma mudança na composição das receitas auferidas. De lá para cá, o sindicato conseguiu aumentar o peso das contribuições voluntárias e da comercialização de serviços de 35% para 65% da receita total, tornando-se mais independente da contribuição sindical compulsória.


Como surgiu a ideia

A partir do planejamento estratégico da entidade, realizado no ano de 2002, verificou-se a existência de lacuna na prospecção de novos associados e a carência na manutenção dos canais de relacionamento com as indústrias já associadas ao Sinduscon/PR.
À ocasião, a solução proposta pela diretoria foi de criação de área comercial, com parte da remuneração fixa e parte variável, que pudesse atuar na abordagem a empresas associados e não associados ao sindicato.


Como fazer acontecer

A área comercial é constituída por um profissional especializado em vendas e outro que atua com foco no relacionamento com o associado. Além realizar processo de recrutamento e seleção conforme competências específicas, o Sinduscon/PR promoveu a capacitação interna desses profissionais, de modo prepará-los para a realização de visitas às indústrias e a potenciais patrocinadores.
O investimento financeiro realizado pelo sindicato se limita à parte fixa da remuneração dos dois colaboradores que compõem a área comercial, visto que a remuneração variável é condicionada à geração de resultados.
Em relação à prospecção de associados, a primeira mensalidade ao sindicato é revertida ao profissional da área comercial. Já o percentual de participação do colaborador na captação de patrocínios e anúncios varia de 10% a 20%, conforme a natureza dos recursos angariados.


Principais resultados

A geração de receitas alternativas à contribuição sindical compulsória confere maior independência ao Sinduscon/PR e assegura-lhe as condições necessárias para que ofereça novos serviços e invista em projetos e ações de interesse setorial.
Em pouco mais de 12 anos, o montante de recursos provenientes de receitas não compulsórias praticamente dobrou, passando de 35% para 65% da receita total do sindicato. O modelo bem-sucedido adotado pelo Sindiuscon/PR tem sido objeto de replicação por outros sindicatos.


Termômetro da boa prática

Complexidade: média
Investimento: médio
Retorno institucional: alto
Contribuição para a competitividade: média


Resultado

Ao longo dos últimos 12 anos, a atuação da área comercial proporcionou um aumento significativo na arrecadação do Sinduscon/PR e uma mudança na composição das receitas auferidas. De lá para cá, o sindicato conseguiu aumentar o peso das contribuições voluntárias e da comercialização de serviços de 35% para 65% da receita total, tornando-se mais independente da contribuição sindical compulsória.


Saiba mais

Se você tem interesse em obter mais informações sobre a boa prática, entre em contato com o sindicato ou com a FIEP.

Sindicato das Indústrias da Construção Civil no Estado do Paraná (Sinduscon/PR)/PR: sinduscon@sinduscon-pr.com.br

FIEP: ger.sindicatos@fiepr.org.br