Boa Prática

20/11/2017

Início > DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS - AREIA DESCARTADA DE FUNDIÇÃO

DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS - AREIA DESCARTADA DE FUNDIÇÃO

Sindicato: Sindicato Intermunicipal das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Itaúna (SINDIMEI/MG)

Presidente do sindicato: Hyrguer Aloísio Costa

Mandato: 2/2015 a 2/2018

Federação: FIEMG

Início de execução da prática: 4/2008
Fim de execução da prática: Até hoje

Raio-X da prática

O Depósito "Tarcísio Cardoso de Sousa", principal fonte de receita do Sindicato Intermunicipal das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Itaúna (SINDIMEI/MG), promove a destinação legal e correta de resíduos industriais.

O depósito, ao resolver grande parte dos problemas de destinação de resíduos sólidos, contribui para o aumento da competitividade e a produtividade das indústrias.


Como surgiu a ideia

Anteriormente, todas as areias descartadas de fundição (ADFs) eram depositadas na localidade denominada “Buracão”, sem preocupação com possíveis danos ambientais causados por descartes desordenados.

Em abril de 2003, reunião com representantes do sindicato e da Fundação Municipal do Meio Ambiente (FEAM) tratou da destinação das ADFs do município. No mesmo ano, termo de ajustamento de conduta (TAC) com o Ministério Público e as indústrias locais foi firmado para recuperar e urbanizar a área.

Assim, o Sindicato Intermunicipal das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Itaúna (SINDIMEI/MG), com apoio da Prefeitura Municipal de Itaúna, da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e FEAM (Fundação Estadual do Meio Ambiente de Minas Gerais), assumiu a administração do local. A partir daí, iniciaram-se os processos de controle e a segregação dos resíduos.

No mesmo ano, a diretoria do sindicato começou a trabalhar em um projeto denominado “Destinação de Resíduos Sólidos - Areia de Fundição”, com empenho de transformar aquele lugar em área verde para a comunidade.

 


Como fazer acontecer

Até 31 de dezembro de 2015, cerca de R$ 4.000.000,00 foram investidos em expansões e benfeitorias. Atualmente, o depósito opera com seis funcionários, distribuídos entre portaria, vigilância, jardinagem, operador de máquina e técnico ambiental.

Em 2005, terreno para instalação do depósito de resíduos foi adquirido por R$ 100.000,00 e os projetos de construção e licenciamento ambiental do local foram iniciados.

As obras da primeira plataforma para descarte de ADFs começaram em 2006 e o primeiro descarte ocorreu em 19 de abril.

O sindicato ainda construiu, nas dependências do depósito de resíduos, um Centro de Educação Ambiental para, por meio do Programa de Interação com a Comunidade, abrir as portas do empreendimento para visitação de estudantes, autoridades, empresas, entidades de classe e pesquisadores.

Até 2015, 47 edições do programa foram promovidas, com a participação de 3.396 visitantes.

Atualmente, o depósito recebe um volume médio de 30.000 toneladas/ano – apenas do resíduo areia descartada de fundição – e atende cerca de 55 empresas de dez municípios.


Principais resultados

O Depósito de Resíduos Industriais SINDIMEI/MG "Tarcísio Cardoso de Sousa" é a principal fonte de receita do sindicato. Em 2015, a receita média foi de R$ 1.300.000,00 contra despesa de R$ 330.000,00, o que possibilita o reinvestir recursos no depósito e em outros projetos em benefício do associado.

As empresas associadas ao SINDIMEI/MG têm preços diferenciados em relação aos não associados para uso da área e esse fator fideliza e incentiva o associativismo.

O empreendimento, considerado referência no país, contribui diretamente para o aumento da competitividade e produtividade das indústrias.


Termômetro da boa prática

Complexidade: Alta

Investimento: Alto

Retorno institucional: Alto

Contribuição para a competitividade: Alta

 


Saiba mais

Se você tem interesse em obter mais informações sobre a boa prática, entre em contato com o sindicato ou com a FIEMG.

Sindicato Intermunicipal das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Itaúna (SINDIMEI/MG)/MG: ars@fiemg.com.br

FIEMG: ars@fiemg.com.br