Boa Prática
Início > PRÊMIO DE JORNALISMO SIMINERAL/PA

PRÊMIO DE JORNALISMO SIMINERAL/PA

Sindicato: Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral/PA)

Presidente do sindicato: José Fernando Gomes Júnior

Mandato: 8/2014 a 7/2018

Federação: FIEPA

Início de execução da prática: 2/2013
Fim de execução da prática: Até hoje

Raio-X da prática

O Simmineral/PA e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Pará (Sinjor/PA) lançaram, em 2012, o Prêmio Hamilton Pinheiro de Jornalismo. O prêmio, que em 2015 teve sua 3ª edição, visa reconhecer trabalhos jornalísticos que valorizem o desenvolvimento do Pará por meio da mineração.

Para tanto, estimula a abordagem jornalística de temas como crescimento econômico, produção, sustentabilidade, projetos sociais, geração de emprego e renda, exportação e filantropia. O prêmio tem ainda a finalidade de contribuir para o melhor entendimento, pela sociedade e pelo Poder Público, da importância da função social da imprensa.


Como surgiu a ideia

A iniciativa ganhou corpo a partir da percepção do Simineral/PA de que, mesmo diante dos diversos benefícios econômicos e sociais gerados pela exploração mineral para o Pará, a sociedade ainda possuía uma imagem negativa das indústrias do setor, associada ao estereótipo de degradadoras do meio ambiente.

Por reconhecer a contribuição da mídia na difusão de informações e no fortalecimento da cidadania, o Simineral/PA propôs ao Sinjor/PA a criação da premiação, que ganhou o nome de Prêmio Hamilton Pinheiro de Jornalismo em homenagem ao jornalista e radialista da Rádio Cultura do Pará, pelos mais de 43 anos dedicados à profissão.


Como fazer acontecer

A organização do Prêmio envolve desde definição dos temas até a avaliação técnica dos trabalhos inscritos, feita por uma banca de especialistas convidados pelo Simineral/PA e pelo Sinjor/PA. A imparcialidade na seleção dos premiados tem contribuído para a credibilidade da iniciativa.

Os dois sindicatos atuam conjuntamente na divulgação do Prêmio e na mobilização dos jornalistas. Em suas duas edições anteriores, o Prêmio reconheceu trabalhos jornalísticos em reportagens como Estrada de Ferro de Carajás: Tecnologia e desenvolvimento no Sudeste Paraense, O alumínio nosso de cada dia, Pará é bola da vez do gás e do petróleo e Indústrias extraem sustentabilidade das terras do Pará.

São agraciadas as categoriais de jornalismo impresso, radiojornalismo, telejornalismo, jornalismo web, revista especializada e fotojornalismo. Para cada categoria, são reconhecidos do primeiro ao terceiro colocados, com prêmios em dinheiro que variam de R$ 2,5 mil a R$ 8 mil.


Principais resultados

O Prêmio de Jornalismo oferece grande visibilidade institucional ao Simineral/PA e às empresas associadas, por ampliar a compreensão social do papel da mineração na região. Ao promover o setor como gerador de emprego e renda, arrecadador de impostos e promotor do desenvolvimento tecnológico, estabelece ainda um contraponto aos impactos socioambientais eventualmente gerados por essa atividade econômica.


Termômetro da boa prática

Complexidade: média
Investimento: médio
Retorno institucional: alto
Contribuição para a competitividade: baixa


Resultado

A iniciativa ganhou corpo a partir da percepção do Simineral/PA de que, mesmo diante dos diversos benefícios econômicos e sociais gerados pela exploração mineral para o Pará, a sociedade ainda possuía uma imagem negativa das indústrias setor, associada ao estereótipo de degradadoras do meio ambiente.


Saiba mais

Se você tem interesse em obter mais informações sobre a boa prática, entre em contato com o sindicato ou com a FIEPA.

Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral/PA)/PA: presidencia@simineral.org.br

FIEPA: ipontes@fiepa.org.br