Boa Prática

12/11/2018

Início > Internacionalização da Indústria Audiovisual Fluminense

Internacionalização da Indústria Audiovisual Fluminense

Sindicato: Sicav

Presidente do sindicato: Silvia Rabello

Mandato: 1/2016 a 12/2019

Federação: FIRJAN

Início de execução da prática: 1/2017

Raio-X da prática

O projeto “Internacionalização da Indústria Audiovisual Fluminense” objetiva capacitar as micro e pequenas indústrias do setor Audiovisual fluminense associadas ao sindicato para acessar o mercado internacional, ampliando a conexão das empresas com os players internacionais, além de promover a indústria audiovisual do Rio de Janeiro no exterior. O projeto está pautado em dois importantes pilares de desenvolvimento para o setor: Capacitação em Gestão/Produção Criativa e Acesso a Mercado.

Dentre os principais benefícios estão maior visibilidade para o sindicato, aumento do número de associados, qualificação das empresas participantes e inserção no mercado internacional com negociação com importantes players estrangeiros.


Como surgiu a ideia

A indústria audiovisual representa uma das principais vitrines do estado do Rio de Janeiro para o resto do país e do mundo. Com importantes produtoras, estúdios e centros de produção televisiva, o RJ é uma das mais frequentes paisagens nas obras audiovisuais brasileiras. Além disso, se destaca como o maior produtor de conteúdo audiovisual no Brasil: nada menos do que cerca de metade dos filmes lançados no país é produzido no estado.

Já em termos de demanda, os filmes produzidos no Rio representam mais de 90% da bilheteria dos filmes nacionais. Nos últimos anos, o aumento do consumo de Vídeo on Demand e On streaming, bem como, a criação do Fundo Setorial do Audiovisual e a promulgação da Lei 12.485 em 2011, consolidaram políticas públicas estratégicas para o avanço do setor. Apesar dessa expansão e do impulso da lei do Audiovisual, a baixa penetração dos filmes brasileiros no mercado internacional ainda é uma realidade. Em 2003, o sindicato assinou um memorando de entendimento para a realização de capacitação e debates sobre a cooperação mútua entre as duas entidades. Nesse sentido, surgiu à ideia da realização do projeto visando a produção qualificada de conteúdo audiovisual, a capacitação em gestão e produção criativa com o PGA e acesso a novos mercados para superar os desafios apresentados acima.

As principais parcerias foram instituídas com a Firjan SENAI, SEBRAE, CNI, Ancine, Motion Picture Association e LTCA.

 


Como fazer acontecer

 O projeto iniciou em fevereiro com a sensibilização e inscrição das empresas considerando os requisitos propostos: porte (micro e pequena), associação ao sindicato, localização no estado do Rio de Janeiro. Todas as empresas enquadradas no perfil do projeto preencheram um formulário com os dados cadastrais e informações sobre produções audiovisuais próprias. Foram selecionadas 20 empresas para a etapa de capacitação internacional com a renomada instituição americana Producers Guild of America – PGA (grupo comercial sem fins lucrativos que representa, protege e promove os interesses de todos os membros da equipe de produção em filmes, televisão e novas mídias norte-americanas. Além de representatividade e defesa de interesses, o PGA atua fortemente na capacitação e qualificação de empresários e produtores audiovisuais norte-americanos)

A capacitação ocorreu na Firjan SENAI Laranjeiras, referência em audiovisual no estado do Rio de Janeiro, no período de 13/03 a 17/03, totalizando 40h e contou com a participação de quatro consultores americanos do PGA. Em total imersão durante uma semana, os empresários tiveram a oportunidade de discutir e trabalhar questões importantes relacionadas aos temas desenvolvimento, distribuição, produção, negociação, orçamento, gerenciamento de locações, planos de negócios e modelos de co-produção internacional. Após essa etapa os projetos foram submetidos a uma Banca de Avaliação Técnica para a seleção dos 5 melhores projetos e com maior aderência ao American Film Market & Conferences – AFM. O AFM se tornou ao longo dos anos o maior mercado americano de produção independente do setor audiovisual, com excelentes oportunidades de geração de negócio e formação de parcerias para co-produção e distribuição internacional. As empresas selecionadas receberam consultoria jurídica em Cadeia de Direitos Internacionais no Audiovisual com foco no mercado norte-americano, visando a adequada preparação para a etapa seguinte de acesso a mercado e rodadas de negócios. A participação no American Film Market ocorreu de 1 a 8 de novembro de 2018 em Santa Monica – EUA e estavam presentes as 5 empresas selecionadas pela Banca de Avaliação, o presidente do sindicato e analista técnico setorial da Firjan. Ao retornarem, o sindicato junto com a Federação organizou um Seminário com o propósito disseminar o conhecimento e compartilhar as experiências adquiridas no mercado internacional. As possibilidades de coproduções com parceiros internacionais, networking e conhecimento do mercado americano de cinema foram os principais destaques apresentados pelas produtoras durante o seminário.


Principais resultados

 - Aumento de 8% no número de associados, contribuindo para a sustentabilidade do sindicato.

- Visibilidade ao sindicato pelo pioneirismo na realização do projeto, sendo a primeira instituição a trazer consultores do Producers Guild of America para capacitação no Brasil.

- Valorização das parcerias com entidades afins (Ancine, Sebrae, CNI, PGA, Motion Picture Association, LTCA).

- Aumento da competitividade das produtoras capacitadas.

- Acesso a novos mercados, incluindo a realização de reuniões com investidores estrangeiros interessados nas temáticas das produções audiovisuais fluminenses.


Saiba mais

Se você tem interesse em obter mais informações sobre a boa prática, entre em contato com o sindicato.

Sicav/RJ: MPCOIMBRA@firjan.com.br