Boa Prática

12/11/2018

Início > Prestação de Serviços

Prestação de Serviços

Sindicato: Sincocimo

Presidente do sindicato: Jorge Rodrigues do Nascimento

Mandato: 1/2015 a 12/2018

Federação: FIRJAN

Início de execução da prática: 1/2015

Raio-X da prática

O Rio de Janeiro já ocupou os primeiros lugares na produção interna e externa de rochas ornamentais e mármores e granitos, entretanto, na atualidade o quadro demonstrativo da situação do setor é extremamente caótico, com fechamento de inúmeras marmorarias, serrarias e a impossibilidade da exploração das jazidas existentes. Diante desse quadro, foi elaborado um projeto contendo um conjunto de práticas que iriam redundar em benefícios tanto para o sindicato como para as empresas por ele representadas.


Como surgiu a ideia

Fase o exposto no item anterior, foi elaborado um projeto baseado na verticalização da produção constituído das seguintes etapas: 1- Exploração das jazidas; 2- Abastecimento das serrarias com material extraído no item 1; 3- Beneficiamento pelas marmorarias. Para realização dessa prática, contamos com as parcerias da Secretaria de Desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro, do DRM - Departamento de Recursos Minerais, da Firjan, da AGE-RIO, do Sebrae.


Como fazer acontecer

A estratégia da ação consistiu na verticalização negocial da indústria de mármores e granitos. O modelo delineado se baseia na verticalização negocial, e as etapas serão assim compreendidas. Etapas: A - cinco indústrias da 1ª geração, JAZIDAS; B- Criação de uma indústria de 2ª geração, SERRARIA integrada com uma MARMORARIA classificada como MARMORARIA VERTICAL; C- Potencialização de dez indústrias de 3ª geração MARMORARIA; D, E e F- Estruturação mercadológica com conversão de marmorarias em ponto de venda (D), Ação de marketing no nível de construtoras e varejos (E), e Criação da estrutura empresarial (F). Os custos envolvidos segundo o estudo de viabilidade são os seguintes: Lavra e Extração Mineral custo anual R$ 756.000; Desdobramento e Serraria R$ 456.000; Beneficiamento e Marmoraria R$ 342.000; Estrutura Administrativa R$ 960.000.


Principais resultados

Convém esclarecer que esta prática, que contou com a importante assessoria do Sebrae e Firjan na elaboração da estrutura do projeto e na confecção do estudo de viabilidade, está em fase de implantação e que todas as empresas do setor serão beneficiadas. Por conseguinte, deverão estar associadas ao sindicato, com acesso a novos mercados, realização de negócios com outras empresas, redução de custos e aumentos de vendas, contratação de mão de obra. O sindicato aumentará sua receita com incremento do associativismo.


Saiba mais

Se você tem interesse em obter mais informações sobre a boa prática, entre em contato com o sindicato.

Sincocimo/RJ: MPCOIMBRA@firjan.com.br