Boa Prática

19/10/2018

Início > LICITAÇÕES – ABRINDO O MERCADO PARA EMPRESAS DO DISTRITO FEDERAL

LICITAÇÕES – ABRINDO O MERCADO PARA EMPRESAS DO DISTRITO FEDERAL

Sindicato: SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DISTRITO FEDERAL (SINDIVESTE-DF)

Presidente do sindicato: WALQUÍRIA PEREIRA AIRES

Mandato: 9/2014 a 9/2018

Federação: FIBRA

Início de execução da prática: 10/2015
Fim de execução da prática: Até o presente

Raio-X da prática

A boa prática “Licitações – Abrindo o Mercado para Empresas do Distrito Federal” foi implementada pelo Sindicato das Indústrias do Vestuário do Distrito Federal (Sindiveste-DF) com o objetivo de orientar e preparar as empresas do setor a participar e a se habilitar nos processos licitatórios promovidos pelo Governo Federal, pelo Governo do Distrito Federal, por empresas privadas e por instituições.


Como surgiu a ideia

As vendas governamentais atraem empresas de todo o Brasil, mas as empresas locais, que contam com fatores logísticos que as favorecem e as tornam mais competitivas, têm participação reduzida nesse mercado. Foi para mudar essa realidade e fortalecer as associadas, por meio da busca de maior inserção no mercado, de elevação do faturamento e de geração de emprego e renda, que o sindicato desenvolveu a iniciativa “Licitações – Abrindo o Mercado para Empresas do Distrito Federal”.

O programa foi implementado após o sindicato detectar a reduzida participação das empresas locais nas licitações públicas promovidas pelo Governo Federal e pelo Governo do Distrito Federal. Levantamentos do sindicato apontaram que somente essas duas esferas de governo promovem milhares de concorrências públicas anuais e mais de 90% dos contratos são conquistados por empresas de fora do Distrito Federal.


Como fazer acontecer

O primeiro passo do sindicato para viabilizar a boa prática foi traçar a meta de elevar em dez pontos percentuais a participação das empresas associadas em contratos governamentais, uma vez que a participação à época era de menos 1%. Em seguida, foi estabelecida uma parceria com o Sebrae, que forneceu cursos práticos para preparação das empresas para as licitações públicas. O sindicato criou uma área especializada em licitações, contratou e treinou um profissional para orientar as associadas sobre os procedimentos básicos para as concorrências públicas. Isso inclui informações sobre obtenção do registro no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores (Sicaf) do Governo Federal, medida obrigatória para se habilitar a licitações federais, sobre preparação da documentação necessária para concorrências presenciais e sobre instruções para disputas em pregões eletrônicos. A entidade investiu em equipamentos e criou um banco de dados com a relação de fornecedores de matéria-prima, passou a acompanhar os preços praticados nas licitações e a elaborar planilhas de valores para embasar as propostas e fornecer elementos para as empresas formularem suas ofertas. O sindicato assinou jornais de licitações e desenvolveu um sistema de monitoramento de publicações de editais. Também foi criado um grupo no WhatsApp para agilizar a disseminação de informações para as empresas associadas.

A partir do êxito na licitação, nosso papel é assegurar a entrega do produto dentro das especificações solicitadas. Para isso é de fundamental importância a parceria com o Senai, que desenvolve para as empresas modelagem, graduação, ficha técnica e peça-piloto. Esse trabalho pode ocorrer por meio de um convênio firmado com o Sebrae-DF e o Senai-DF, pelo qual as empresas têm desconto de 70% no valor do serviço, sendo que a contrapartida de 30% pode ser parcelada em até 4 vezes.

Como o segmento de roupas profissionais é composto de MPEs, a preocupação do sindicato é definir estratégias para cada licitação, de forma a garantir que as empresas tenham condições financeiras de participar.


Principais resultados

A partir da boa prática “Licitações – Abrindo o Mercado para Empresas do Distrito Federal”, as empresas associadas ao sindicato passaram a ter conhecimento sobre todas as concorrências públicas realizadas no Distrito Federal e despertaram para esse mercado. A ação atraiu novos associados e se refletiu no aumento da receita do sindicato, que também se fortaleceu institucionalmente. O interesse dos empresários por inovação tecnológica aumentou e gerou a busca por formações técnicas e tecnológicas oferecidas pelo Senai, como modelagem, graduação e desenvolvimento de peças-piloto, com reflexos na qualidade dos produtos oferecidos. As empresas melhoraram o desempenho nas licitações e conquistaram mais contratos com órgãos públicos, o que amplia o mercado e cria perspectivas de expansão para a indústria do vestuário do Distrito Federal.

Para o sindicato, a ação representa maior conhecimento do setor de suas forças e fraquezas, aumento no quadro de empresas associadas e renda pelo serviço de assessoria prestado às empresas, além da criação de dados sobre a participação do setor nas compras públicas realizadas no âmbito do DF.

Resultado quantitativo


















2016



Nº de empresas participantes: 3



Quantidade de licitações: 8



Licitações exitosas: 5



Valor total dos contratos: R$ 145.698,00


 


















2017



Nº de empresas participantes: 4



Quantidade de licitações: 6



Licitações exitosas: 5



Valor total dos contratos: R$ 76.026,00


 


















2018



Nº de empresas participantes: 7



Quantidade de licitações: 8



Licitações exitosas: 5



Valor total dos contratos: R$ 794.399,00

(janeiro/fevereiro/março)


Valor dos contratos firmados em 2016/2017/2018: R$ 1.016.123,00.


Saiba mais

Se você tem interesse em obter mais informações sobre a boa prática, entre em contato com o sindicato ou com a FIBRA.

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DISTRITO FEDERAL (SINDIVESTE-DF)/DF: leonice.xavier@sistemafibra.org.br

FIBRA: assessoriasindical@sistemafibra.org.br