Boa Prática

11/7/2018

Início > PRÊMIO SINFOR DE TI

PRÊMIO SINFOR DE TI

Sindicato: Sindicato das Indústrias da Informação do Distrito Federal (SINFOR)

Presidente do sindicato: Ricardo de Figueiredo Caldas

Mandato: 1/2015 a 1/2019

Federação: FIBRA

Início de execução da prática: 1/2009
Fim de execução da prática: 2009 à 2017

Raio-X da prática

O Prêmio SINFOR de TI é promovido anualmente desde 2009. Inicialmente, 400 pessoas participavam da solenidade oficial de premiação. Na edição de 2017, chegamos a 520 convidados, entre estes representantes, micro, pequenas, médias e grandes empresas, startups, governos de Brasília e Federal, todas as entidades representativas da cadeia produtiva de Brasília, comunidade e parceiros. O projeto reúne iniciativas bem-sucedidas para o desenvolvimento e valorização do setor, ente gerador de negócios e bons resultados econômicos. Inicialmente, a escolha dos agraciados e vencedores de cada categoria ocorria por meio de votação online. No ano de 2017, atendendo à solicitações, tendo em vista que o prêmio já se considerava amadurecido a comissão responsável pela ação decidiu repaginar a premiação, o que possibilitou tornar o prêmio maior, mais conhecido e com capacidade de gerar renda para o sindicato promover outras ações em prol do setor, fortalecendo, assim, a relação entre o sindicato e o setor de TI.


Como surgiu a ideia

Até 2008, a diretoria do sindicato promovia uma confraternização anual, que, com o passar dos anos, foi perdendo atratividade. Ao analisar as causas da redução do público nas confraternizações foi possível identificar que faltava àquela ocasião um momento para reconhecer o trabalho realizado pelas empresas associadas e seus clientes, assim como por autoridades e instituições com atuação no setor. Diante dessa percepção, foi criado o Prêmio SINFOR de TI, que se tornou o principal espaço para congraçamento e homenagens institucionais relacionados ao setor no Distrito Federal. Em 2016 e 2017, o sindicato enfrentou grandes dificuldades financeiras, com um déficit gerado por inadimplências decorrentes da crise instalada desde 2014. As empresas que sempre estiveram com a entidade, passaram a sofrer pressão do sindicato do comércio e serviços, o que levou dezenas dessas empresas a contribuir para o mencionado sindicato, diminuindo em torno de 20% da arrecadação nas contribuições compulsórias e criando insegurança nas empresas com relação a representatividade. Assim, o Sinfor/DF convidou todos os parceiros, inclusive o sindicato patronal do comércio e serviços, para juntos realizar um grande evento de TI, visando mostrar a força da Tecnologia no Distrito Federal e a sua capacidade de alavancar a economia da nossa cidade, transferindo a oitava edição do Prêmio Sinfor de TI para a programação deste evento.


Como fazer acontecer

Abaixo, estão listadas as etapas de implantação do Prêmio Sinfor de TI, bem como a metodologia utilizada após a repaginação: Criação da Comissão Organizadora do Prêmio Sinfor de TI em Assembleia Geral; Primeiro levantamento dos custos para realização do evento; Reformulação do Regulamento do Prêmio, por meio de consultoria externa; Contratação de fornecedor para criar a nova identidade visual do Prêmio Sinfor de TI; Segundo levantamento dos custos para realização do evento; Busca de patrocínios, parceiros e apoiadores; Contratação de fornecedor para criação do novo site do Prêmio Sinfor de TI; Lançamento do Prêmio SINFOR de TI 2017 e abertura de prazo para inscrições; Lançamento da campanha do evento; Reuniões com fornecedores; Recebimento das inscrições das empresas; Auto avaliação das empresas e envio das evidências para análise; Banca de Juízes recebe questionário de autavaliação e desclassifica empresas; Empresas são informadas de desclassificação pela pontuação na auta valiação; Banca de Juízes faz análise e emite resultados; Demais categorias são eleitas pela diretoria reunida com a Comissão Organizadora; Melhor expositor é eleito pela Banca de Juízes na Mostra de Tecnologia Brasília Mais TI; Assinatura de Contratos com patrocinadores; Assinatura de Contratos com fornecedores; Cerimônia de premiação. A Comissão eleita para coordenar o Prêmio Sinfor de TI, seguindo sugestões da assembleia, decidiu repaginar o Prêmio Sinfor de TI. Um evento que acontece há oito anos e que já estava pronto para crescer. Para repaginar o prêmio, o sindicato contratou uma consultoria externa que reescreveu o regulamento com base no modelo do regulamento do Prêmio Nacional de Inovação, que é uma iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas-Sebrae. O novo regulamento foi aprovado pela Comissão Organizadora e pela assembleia geral do sindicato. Também foi construído um novo site onde foram inseridas todas as informações sobre a premiação, bem como foi criada área específica para que as empresas pudessem realizar suas inscrições. No ato da confirmação da inscrição, a empresa recebe orientação para enviar seu questionário de autoavaliação e todos os documentos comprobatórios das informações para o e-mail indicado, bem como o comprovante da taxa de inscrição. Esses documentos são tratados com absoluto sigilo pela comissão organizadora e enviado à Banca de Juízes para análise e cumprimento do previsto no regulamento. A cada fase, os candidatos são imediatamente informados do resultado e aqueles que não alcançam a pontuação são eliminados, chegando assim aos finalistas e por fim, aos vencedores. O evento de entrega dos troféus passou a ser realizado dentro da Mostra de Tecnologia, que tem como um dos objetivos evidenciar a premiação, mostrar a força da TI no DF e sua capacidade de alavancar a economia da nossa cidade. A repaginação do prêmio prevê também que: O reconhecimento e premiação das seguintes categorias:

• Destaque em Software

• Destaque em Hardware

• Destaque Integração

• Destaque em Inovação Tecnológica

• Destaque em Startups

• Responsabilidade Social

• Destaque em Gestão Organizacional

• Personalidade de Comunicação

• Entidade Amiga da TI

• Personalidade Parceira da TI

• Expositor Destaque na Mais TI 2017

Definição de que a escolha do prêmio seja feita por meio de análise e do parecer de uma Banca de Juízes, composta por 22 membros, escolhidos pela Comissão Organizadora, sendo estes, um presidente, 11 técnicos e 11 formadores de opinião. A Banca de Juízes é composta por personalidades, autoridades do governo da área de TI, técnicos, mestres, doutores das principais universidades e faculdades de Tecnologia do DF, consultores do Sebrae-DF com expertise em inovação tecnológica, que não tenham conflito de interesses com as empresas concorrentes ao prêmio; Que o prêmio seja, também, uma ação que possibilite a geração de recursos para a manutenção do sindicato e dos projetos e ações oferecidos ao setor. A Comissão organizadora idealizou a realização da cerimônia de entrega do prêmio da edição de 2017, no último dia da Mostra de Tecnologia Brasília Mais TI. Assim, com a utilização da estrutura do Brasília Mais TI, houve redução de custos para a realização do evento de aproximadamente 50%. Por outro lado, em 2017, além dos custos normais existentes nos anos anteriores, foram acrescentados os custos de consultoria, criação do novo site e a identidade visual do evento. O sindicato possui estrutura mínima, poucos recursos e conta com equipe reduzida, entretanto desenvolve grande quantidade de ações em prol do setor. Para este evento, o investimento em recursos humanos foi apenas na contratação de recepcionistas para a cerimônia de entrega do prêmio. A coordenação do evento fica a cargo da Comissão Organizadora e a organização sob a responsabilidade da Executiva do sindicato. Nos anos anteriores, os custos deste evento chegaram a 150 mil, aproximadamente. Na edição de 2017, o valor foi reduzido quase que pela metade.

Veja abaixo os resultados: Investimento Financeiro Econômico e Humano

TABELA 1 INSERIDA NO DOCUMENTO ENVIADO COMO EVIDENCIA.

Despesas excepcionais: criação de um site para o novo modelo do prêmio e nova identidade visual. Desde a primeira edição do prêmio, o sindicato idealizou a construção de um site e identidade visual que valorizasse ainda mais o evento. Os custos para estes dois itens são muito altos e durante as 8 edições existiu site e identidade visual intermediários, que atendia, mas não impactava. O sindicato não dispõe de receitas próprias para realização de nenhum evento ou ação em prol do setor. As receitas provenientes de mensalidades (contribuição social), contribuição Confederativa Patronal e Contribuição Sindical (teve queda de 60% no ano de 2017) apenas o custeio do próprio sindicato e de poucas ações. Aproveitando a repaginação do evento, o sindicato buscou empresas especializadas na prestação de alguns serviços para firmar permuta. Em contrapartida, o sindicato ofereceu a estas empresas a divulgação de suas marcas, bem como a cessão de estandes para que pudessem expor seus produtos e serviços. O site foi construído com ferramentas modernas, que possibilitam futuramente fazer as evoluções necessárias. O site está dentro da home page do Sinfor, com o objetivo de aumentar as visitas no portal do sindicato, possibilitando o acesso de todos e dar visibilidade a tudo que a entidade oferece aos associados e empresas do setor.

 Permuta para Prestação de Serviços para o Prémio Sinfor de TI

 TABELA 2 INSERIDA NO DOCUMENTO ENVIADO COMO EVIDENCIA.

O sindicato buscou, ainda, patrocínio entre as grandes empresas de TI, que têm recurso suficiente para investir no evento e o fazem desde a primeira edição, porque acreditam no retorno que o evento proporciona ao divulgar suas marcas. Outra novidade é que nas edições anteriores o sindicato não cobrou taxa de inscrição. O novo regulamento prevê a cobrança de uma taxa inicialmente simbólica, que ao longo do tempo e da evolução da ideia, será adequada aos custos do evento.

Receitas Prémio Sinfor de TI

TABELA 3 INSERIDA NO DOCUMENTO ENVIADO COMO EVIDENCIA

Conforme demonstrado acima, o sindicato conseguiu receita considerável para o seu caixa, o que possibilitará realizar outras ações prioritárias para o setor.

Resultados (receitas) do Prêmio Sinfor de TI que foram para o caixa do SINFOR

 TABELA 4 INSERIDA NO DOCUMENTO ENVIADO COMO EVIDENCIA.


Principais resultados

Resultados Quantitativos TABELA 5 INSERIDA NO DOCUMENTO ENVIADO COMO EVIDENCIA Além do saldo que entrou no caixa do sindicato, no valor de R$ 22.929,56, a receita com as permutas de prestação de serviços foi de R$ 24.000,00, totalizando um resultado financeiro para o sindicato no valor de R$ 46.929,56. A realização da edição de 2017 gerou uma receita indispensável à sobrevivência do sindicato, uma vez que em 2016 o conselho fiscal em análise da Demonstração de Resultados do Exercício (DRE), identificou um déficit de R$ 78.043,74 e sugeriu que fossem adotadas boas práticas sindicais para a recuperação da economia da entidade. Com a realização das ações pelo sindicato, o conselho fiscal apontou no final do exercício de 2017, conforme DRE e parecer do Conselho Fiscal, um superávit de R$ 52.000,00. Considera-se o prêmio uma ação de forte visibilidade e interação entre as empresas e principalmente de forte repercussão institucional para a entidade. Uma grande expectativa é gerada durante o período de inscrição, de avaliação das empresas concorrentes até a cerimônia de premiação. Isso faz com que seja valorizada a cultura associativa. Anteriormente, o prêmio representava importante momento de integração entre as indústrias associadas e a comunidade empresarial e política local. Agora, representa também estímulo à inovação e à abertura de novas oportunidades de negócios, de novos mercados para as empresas de TI. Nesta edição -que ocorreu na sede da Câmara Legislativa do DF- contou com maior visibilidade e reuniu cerca de 500 pessoas, entre empresários, colaboradores das empresas concorrentes, deputados distritais, todas as entidades de TI do DF, potenciais clientes como governos, cadeia produtiva de todo comércio, serviços e empresas de outros setores. Mais uma vez o sindicato cumpriu seu papel de apoio à competividade das empresas que integram a cadeia produtiva de TI do DF, abriu portas as para novos associados e possibilitou o acesso das empresas do setor aos serviços do sindicato, oferecendo subsídios para se decidirem pela associação à entidade. É certo de que todos os envolvidos reconhecem que JUNTOS SOMOS MUITO MAIS!


Saiba mais

Se você tem interesse em obter mais informações sobre a boa prática, entre em contato com o sindicato ou com a FIBRA.

Sindicato das Indústrias da Informação do Distrito Federal (SINFOR)/DF: sinfor@sinfor.org.br

FIBRA: assessoriasindical@sistemafibra.org.br