Brazil 4 Business

Espírito Santo

O Espírito Santo, localizado na Região Sudeste do Brasil, é um dos estados que mais se desenvolvem no país. Possui o maior volume de investimentos per capita e uma carteira de projetos que ultrapassa os R$ 100 bilhões.

Em um raio de 1.200 km a partir de sua capital Vitória, encontram-se as gigantescas reservas de petróleo e gás do Pré-Sal e mais da metade do Produto Interno Bruto do país.

O estado apresenta crescimento econômico e níveis de desenvolvimento humano e qualidade de vida acima da média nacional e vem, cada vez mais, diversificando e descentralizando sua economia.

DESCUBRA O ESPÍRITO SANTO

Para apoiar e dar suporte aos investidores estrangeiros, o Centro Internacional de Negócios (CIN) disponibiliza aos empresários informações, serviços de consultoria, organização de feiras, eventos e missões internacionais. O CIN-FIES faz parte de uma rede liderada pela Confederação da Indústria (CNI) e interligada com dezenas de instituições internacionais de promoção de negócios e investimentos.

Confira, no menu à esquerda, diversas vantagens de investir no Espírito Santo e entre em contato com a nossa equipe no estado.

De acordo com a Secretaria do Tesouro Nacional, o Estado do Espírito Santo possui nota máxima em matéria de gestão financeira, tornando-o assim uma região segura para se investir.

Celulose e Produtos de Papel: O estado conta com diversas reservas de eucaliptos, principal insumo para a produção de celulose. A cultura da produção deste material está muito bem estabelecida, tendo assim mão de obra qualificada no meio. Além disso, portos da região são adaptados para a exportação deste produto para o maior mercado consumidor mundial, a China.

Equipamentos para produção de energia: O governo Capixaba tem a estratégia clara de diversificar a matriz energética do estado, haja visto que importa 2/3 do consumido. Para isso, dá incentivos na instalação de parques eólicos e popularização da energia solar, especialmente para comunidades carentes. A produção e distribuição de gás natural está em constante evolução, demandando altos investimentos. A ascensão deste setor é considerada crucial para o desenvolvimento industrial do estado.

Metalmecânico: Setor que anteriormente fornecia insumos somente para a construção civil, encontrou mercado promissor em outras áreas, como produção de peças para indústria da energia. Com a clara política de expansão da matriz energética Capixaba, este setor possui potencial.

Minério de Ferro: O Espírito Santo possui função chave em toda cadeia do minério de ferro no Brasil. Além de estar muito próximo da maior região produtora, Minas Gerais, possui portos atendidos por malha ferroviária. Entre eles, o Porto de Tubarão, considerado o mais eficiente do mundo para embarque do commoditie.

Refino de Petróleo e Coque: A Bacia do Espírito Santo já figura como a segunda mais produtiva do Brasil, e possui reserva estimada em mais de 50 milhões de m³ de óleo. Atualmente, o potencial de refinamento deste produto ainda não é explorado, sendo que a maior parte do petróleo é exportada.

Alimentos e Bebidas: Neste setor são inúmeras frentes de destaque, tanto para consumo interno, quanto para exportação. Beneficiadores de chá e café tem quase toda produção voltada para o mercado externo, especialmente para nações asiáticas. No ramo alimentício, produtos como chocolates tem qualidade com reconhecimento internacional, implicando em mão de obra qualificada.

Artigos do vestuário e acessórios: É um dos setores que mais emprega no estado, por isso o governo tem interesse especial em fortalecê-lo. Para isso, foram criados dois polos industriais especializados: Entre Colatina e São Miguel da Palha e em Vila Velha. Trata-se de um mercado bastante pulverizado ainda, e as oportunidades se estendem inclusive na cadeia de produtores de insumos.

Fabricação de resina e elastômeros Como foco de um planejamento nacional para redução da importação de insumos químicos, o Complexo Gás-Químico de Linhares foi criado. Especialmente no Espírito Santo, há tendência de especialização na cadeia de produtos relacionados ao setor de fertilizantes. Além disso, visa-se explorar o potencial da expansão da cadeia de gás natural no estado.

Invest-ES
O programa contribui para a expansão, modernização e diversificação dos setores produtivos do Espírito Santo, estimulando a realização de investimentos, a renovação tecnológica das estruturas produtivas e o aumento da competitividade estadual, com ênfase na geração de emprego e renda e na redução das desigualdades sociais e regionais.
 
Contratos de Competitividade
Fruto de ampla discussão com os representantes do setores, o contrato de competitividade é um instrumento adotado pelo Governo do Estado do Espírito Santo para a concessão de benefícios fiscais a setores produtivos locais.
 
Pelo contrato, os setores produtivos têm o compromisso de aumentar a competitividade das empresas estabelecidas no Espírito Santo em relação às similares de outras regiões do país. Em contrapartida aos incentivos tributários concedidos pelo Governo do Estado, o setor produtivo pactuante se compromete a investir em ações que resultem em seu próprio desenvolvimento socioeconômico sustentável. O objetivo final é garantir a manutenção e criação de empregos, ocupação, renda e evolução na capacitação profissional da população local, simultâneo a incrementação na capacidade industrial, tecnológica e comercial do setor.

Funres
O Fundo de Recuperação Econômica do Espírito Santo (Funres) apoia financeiramente empresas que desejam investir na implantação, ampliação e modernização de projetos estabelecidos no estado por meio de subscrição de debêntures conversíveis em ações.
 
Fundepar-ES
Fundo de Investimento e Participações do Espírito Santo foi criado para apoiar empreendimentos estratégicos ou de alta intensidade tecnológica para o desenvolvimento do estado.

Sudene
Estão incluídos 28 municípios do norte capixaba na área de abrangência da Superintendência para Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), que prevê incentivos fiscais federais para a implantação de novos investimentos. A área da Sudene conta também com a forte atuação do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), que oferece diversas linhas de financiamento.