Brazil 4 Business

Alimentos e bebidas

A- A A+

O Brasil é o 5° país do mundo em número de habitantes. Além disso, as recentes conquistas sociais, que alavancaram uma parcela dos habitantes para a classe média, e a ampliação do poder de compra fazem do país um mercado consumidor muito atrativo. 

Os setores de alimentos e bebidas representam aproximadamente 20% dos trabalhadores da indústria de transformação do Brasil. Em termos de faturamento, os dois representam 10% do total do PIB, com receita superior a R$ 480 bilhões , e ainda correspondem a 22% da indústria de transformação. Mesmo em um cenário de desaceleração econômica, a indústria de alimentos e bebidas mantém crescimento acima do patamar nacional, em torno de 4,6% em 2012.

Atualmente, a produção apresenta forte tendência de modernização, motivada por um mercado em transformação. Nas últimas décadas, o cenário de consumo passou de 56% dos alimentos consumidos sofrendo algum tipo de processamento industrial para 85% nos últimos anos. Isso implica na adesão de novas tecnologias, necessárias para proporcionar ganhos de produtividade e elaboração de produtos mais sofisticados.

Gráfico faturamento do setor alimentício (R$ Bi)

O setor de alimentos fatura aproximadamente R$ 400 bilhões por ano e 25% é proveniente de carnes e derivados (veja abaixo). Da receita total, 20% vem de exportações e entre os principais produtos exportados, destacam-se os açúcares, carnes e derivados e suco de laranja (líder mundial de produção nos três), café solúvel e farelo de soja. 


O setor de bebidas fatura aproximadamente R$ 80 bilhões anualmente e o mercado brasileiro se divide em 4 grandes categorias:

  • Águas envasadas
  • Bebidas tradicionais
  • Bebidas não alcoólicas industrializadas
  • Bebidas alcoólicas

Dentro de bebidas não alcoólicas, está a produção de refrigerantes, sendo esta a atividade que mais cresce no setor (perspectiva de 5% em 2015), motivada especialmente pela exploração do mercado no Norte e Nordeste, regiões ainda com baixa capacidade instalada. 

 

Saiba onde investir neste setor