logo-atuacao-internacional-uninter-cni-sesi-senai-iel-sistema_industria198x54 (1).png
brasil-mini.png
bandeira-do-reino-unido.png

NOTÍCIAS

16 de Março de 2017 às 19:45

SENAI é referência para o Banco Mundial

 

04/04/2016 - O modelo de educação profissional oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) no Brasil foi apontado como referência em evento organizado pelo Banco Mundial, em parceria com o Ministério de Desenvolvimento de Competências e Empreendedorismo da Índia, nos dias 21 e 22 de março, em Nova Déli, na Índia.

Durante dois dias, especialistas em educação discutiram exemplos e boas práticas para apoiar o fortalecimento dos programas de formação profissional que o Banco Mundial promove na Índia.

A representante do SENAI no evento, a especialista da Unidade de Relações Internacionais do Sistema Indústria, Tatiana Farah de Mello, apresentou aos participantes a metodologia de formação profissional da instituição, o desenvolvimento dos projetos integradores de inovação e aprendizagem e a atuação internacional em projetos como a WorldSkills 2015.

Além do caso brasileiro, também foram apresentados exemplos da educação oferecida no Equador, China, Sri Lanka, Bangladesh, Afeganistão, Nepal e Paquistão.

PARCERIA - O Banco Mundial é parceiro do SENAI desde a WorldSkills, maior torneio de educação profissional do mundo, realizada em agosto de 2015, em São Paulo. O fortalecimento do vínculo entre as instituições tem como objetivo levar experiências de sucesso do SENAI aos continentes africano e asiático.

ORGANIZAÇÃO - O Banco Mundial, também conhecido como Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), é uma instituição internacional que ajuda a promover o desenvolvimento econômico e social de seus 187 países membros, dos 193 países do mundo. Financia projetos em diversas áreas essenciais ao crescimento econômico e ao progresso social dos países membros, que incluem, praticamente, todos os países do mundo. As áreas de atuação englobam saúde, educação, agricultura, proteção do meio ambiente, transportes e infraestrutura, governança e outras.