logo-atuacao-internacional-uninter-cni-sesi-senai-iel-sistema_industria198x54 (1).png
brasil-mini.png
bandeira-do-reino-unido.png

NOTÍCIAS

16 de Março de 2017 às 20:05

Alunos do programa Conexão Mundo participam de intercâmbio nos Estados Unidos

conexao_mundo.jpg

15/02/2016 - A 4ª edição do Programa Conexão Mundo levou 88 estudantes do Serviço Social da Indústria (SESI) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), de 20 estados brasileiros, para Denver, no Colorado, região norte dos Estados Unidos.

Os alunos que chegaram no país norte-americano no dia 29 de janeiro, permanecerão por duas semanas, até dia 14 de fevereiro, para consolidar o idioma, vivenciar a cultura e práticas profissionais técnicas.  Sob temperaturas negativas e em meio a neve, eles visitaram pontos turísticos e empresas renomadas da região.

O intercâmbio cultural adquirido pelos estudantes é a etapa final do programa Conexão Mundo, fruto da parceria internacional do SESI, do SENAI e da CNI com a organização não governamental US-Brazil Connect. O principal objetivo do programa é o ensino e aperfeiçoamento do inglês de maneira lúdica e interativa para alunos brasileiros do ensino médio e técnico do SESI e SENAI. O programa não tem custos para os participantes.

No curso, os estudantes têm acesso a plataforma de aulas Longman, site especializado no ensino do inglês, e aulas virtuais pelas redes sociais. Além disso, eles têm o auxílio de 200 monitores norte-americanos para aprenderem o idioma. Em seguida, recebem aulas presenciais com professores nativos e retornam às aulas virtuais para consolidação da escrita e adquirir vocabulário especializado.

Ao final das etapas, 5% do total de alunos que concluírem o programa e obtiverem destaque são selecionados para um intercâmbio cultural de duas semanas nos Estados Unidos. Na viagem, eles ficam hospedados em casas de família, conhecem escolas, universidades e museus, dentre outros locais.

Em 2015, o programa ofereceu 2 mil vagas para os estudantes realizarem o curso de inglês em 20 estados brasileiros que contam com escolas do SESI e do SENAI. O número foi bem superior ao da primeiro edição, em 2012, que era de apenas 100 vagas.