logo-atuacao-internacional-uninter-cni-sesi-senai-iel-sistema_industria198x54 (1).png
brasil-mini.png
bandeira-do-reino-unido.png

Captação de tecnologia e conhecimento

SESI, SENAI e IEL buscam parcerias internacionais que tragam novos produtos, tecnologias ou metodologias de ponta para a indústria brasileira. Temos expertise no desenho de projetos de transferência de tecnologias internacionais, incluindo offset, que promovam a competitividade nacional.

Nossos principais parceiros nessa área são institutos internacionais de tecnologia, universidades, centros de estudos, organismos de pesquisa e agências de cooperação internacional. Entre eles estão: Instituto de Tecnologia de Massachussets (EUA), Instituto Politécnico de Milão (Itália), Sociedade Fraunhofer (Alemanha), Universidade de Steinbeis (Alemanha), Universidade de Ryerson (Canadá), Cosmob - Centro de Tecnologia e Qualidade do Setor de Móveis da Região de Marche (Itália), FIOH - Instituto Finlandês para Saúde Organizacional (Finlândia) e GIZ, agênncia alemã de cooperação internacional. 

 

Benefícios

 

 

like.png

Novos produtos e serviços tecnológicos prioritários ao Brasil

like.png

Apoio ao desenvolvimento de projetos industriais brasileiros

 

like.png

 Estímulo à inovação na indústria brasileira

 

like.png

Capacitação de equipes de alto desempenho

 


Parcerias em offset


Além das parcerias tradicionais citadas acima, SESI, SENAI e IEL atuam em parcerias do tipo offsets. Offsets são compensações contratuais governamentais em casos de aquisições ou vendas de produtos ou serviços internacionais de grande porte. Quando o governo brasileiro adquire um produto ou serviço de alto valor, é obrigatório ao fornecedor estrangeiro, de alguma forma, transferir atividade econômica ao comprador. É o que também ocorre quando o Brasil fornece produto ou serviço de porte relevante a um governo estrangeiro. As compensações podem ser do tipo comercial, industrial ou tecnológica. Para criar condições tecnológicas para esse tipo de parceria, SESI, SENAI e IEL oferecem serviços nas duas vertentes: quando empresas brasileiras exportam produtos ou serviços (oferecendo tecnologia industrial no lugar da empresa exportadora) ou quando o governo brasileiro adquire produtos ou serviços no exterior (recebendo as compensações tecnológicas). 

 

 

Casos de sucesso