Área Internacional da CNI

As conquistas e os desafios a serem enfrentados pelo Brasil na visão de diplomatas estrangeiros



Em sua primeira edição, a Pesquisa de Percepção do Corpo Diplomático é uma importante ferramenta de diálogo com representantes de outros países e de diagnóstico sobre as ações brasileiras de relações internacionais.

O documento reúne a percepção dos diplomatas estrangeiros residentes no Brasil sobre temas como desempenho da economia, reformas importantes para o país, tributação e mecanismos de cooperação bilateral.

Principais resultados
Pesquisa de Percepção do Corpo Diplomático

Aumento de

56%

na avaliação do Brasil como um ator internacional relevante

Porém,

82%

das embaixadas avaliou que o desempenho da economia em 2019 foi similar ou inferior ao de 2018

A acessão do Brasil à OCDE é considerada relevante ou muito relevante para

70%

dos respondentes

A maioria das embaixadas apontou a
reforma
tributária

como a principal reforma estrutural a ser realizada pelo país

OS TEMAS
considerados mais relevantes para o aprofundamento do relacionamento comercial
 

icon-Prancheta 1.png
Facilitação e desburocratização
do comércio
exterior

icon-Prancheta 2.png
Simplificação e redução da tributação nas exportações e importações

icon-tools.png
Mecanismos bilaterais

Mecanismos para cooperação tecnológica e científica são considerados

12%

mais eficazes
que os mecanismos de comércio

icon-Prancheta 4.png
Relações com o governo

Ministério da Economia é apontado por

35%

dos respondentes como o principal órgão do governo com o qual gostariam de ampliar a aproximação

Sobre a pesquisa



Desde 2014, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) realiza o Briefing Diplomático, uma iniciativa semestral para o fortalecimento do diálogo da entidade com o corpo diplomático estrangeiro residente em Brasília.

A consolidação do Briefing Diplomático, bem como a longa tradição de cooperação da CNI com as embaixadas estrangeiras, motivou a realização de uma pesquisa de percepção sobre temas relevantes para o aprofundamento das relações bilaterais.

topo