Assuntos Legislativos

Agenda Legislativa da Indústria

NOTÍCIAS

9 de Dezembro de 2015 às 10:54

CAE aprova projeto do Supersimples - PLC 125/2015

Foi aprovado hoje, na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), o relatório da senadora Marta Suplicy (PMDB/SP), pela aprovação, com substitutivo, do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 125/2015, que revisa a lei geral das Micro e Pequenas Empresas, a Lei Complementar 123 de 2006.

Foi aprovado hoje, na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), o relatório da senadora Marta Suplicy (PMDB/SP), pela aprovação, com substitutivo, do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 125/2015, que revisa a lei geral das Micro e Pequenas Empresas, a Lei Complementar 123 de 2006.

A principal inovação do PLC 125 é o aumento progressivo dos limites de faturamento para que as empresas possam fazer parte do Simples Nacional da seguinte forma: aumento de R$ 360.000,00 para R$ 900.000,00 da receita bruta anual para enquadramento como microempresa; aumento de R$ 3.600.000,00 para R$ 7.200.000,00, até 2017, da receita bruta anual para enquadramento como empresa de pequeno porte e, a partir de 2018, o limite de enquadramento passa de R$ 7.200.000,00 para 14.400.000,00.

A senadora introduziu algumas mudanças no texto. As principais foram:

  • Entrada em vigor dos novos limites de faturamento a partir de 2017;
  • A partir do faturamento de R$ 3.600.000,00, o ISS será pago por fora do regime;
  • Os municípios poderão estabelecer regime de ISS mais favorável ao contribuinte do que o previsto na LC 123;
  • A partir do faturamento de R$ 7.200.000,00, as empresas não serão dispensadas das contribuições para as entidades privadas de serviço social e de formação profissional vinculadas ao sistema sindical;
  • Exclusão da possibilidade de partidos políticos, sindicatos e associações de classe ou de representação de categoria profissional optarem pelo enquadramento do Simples;
  • Diminuição de 180 para 120 do número de parcelas dos débitos apurados pelo Simples

O projeto seguirá para o Plenário do Senado e então para a Câmara dos Deputados.

Este tema foi tratado no PLP 379/2008 que compôs a Agenda Legislativa da Indústria 2009

Fonte:Novidades Legislativas nº 103 de 2015