NOTÍCIAS

18 de Dezembro de 2017 às 10:56

A- A A+

Projetos inovadores em saúde e segurança no trabalho terão R$ 1,5 milhão do Edital de Inovação para a Indústria

SESI selecionou este ano oito projetos destinados a melhorar a qualidade de vida do trabalhador e a segurança nos ambientes de trabalho; entre os escolhidos está sistema automatizado para inspecionar vagões de transporte de minérios

Ícone-trabalhador-da-construção-570-181217.jpg

O Edital de Inovação para a Indústria vai investir R$ 1,5 milhão em oito projetos inovadores selecionados em 2017 destinados a melhorar a saúde dos trabalhadores da indústria e a segurança nos ambientes de trabalho. Foram anunciados, neste mês, os últimos três escolhidos desta edição: um sistema automatizado para inspeção de vagões de transporte de minérios, um software que utiliza fatores psicossociais dos funcionários para prever e evitar acidentes de trabalho e um sistema para controle e redução de fatores causadores de estresse. 

O Serviço Social da Indústria (SESI) é responsável pela seleção de propostas inovadoras inscritas nas categorias Inovação em Saúde, Segurança do Trabalho e Promoção da Saúde; Inovação setorial para Indústrias de Construção, Frigorífico e Mineração e Empreendedorismo Industrial em Segurança, Saúde do Trabalho e Promoção da Saúde. Neste ano, foram inscritas 56 ideias inovadoras por empresas industriais de todos os portes e startups nas áreas de atuação da instituição. “Os projetos inscritos nesta edição mostram que há muitas oportunidades de novos negócios nesse campo e que podem ajudar a aumentar a produtividade da indústria brasileira”, avalia o especialista em desenvolvimento industrial do SESI Fábio Henrique Cordeiro.

Nas categorias sob responsabilidade do SESI, os projetos foram escolhidos em duas etapas. O primeiro ciclo selecionou cinco ideias apresentadas por empresas da Bahia, de Minas Gerais, do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Entre as propostas, que agora serão desenvolvidas, está um sistema de controle e monitoramento de guarda-corpos – espécie de grade usada em sacadas e em obras de infraestrutura para proteção dos trabalhadores. Ao custo de R$ 299,2 mil, o projeto vai permitir, com uso de sensores, identificar se o guarda-corpo está na posição adequada, prevenindo acidentes. Se for movimentado ou retirado, o sistema também será capaz de identificar quando e quem fez isso, assim como notificar o encarregado pela segurança da obra. 

Na segunda seleção, foram escolhidas propostas feitas por empresas de Minas Gerais e do Pará. O projeto Safe Inspection, apresentado pelos paraenses, receberá financiamento de R$ 300 mil do Edital de Inovação. Será desenvolvido um sistema automatizado para inspecionar componentes de vagões para transporte de minérios com o objetivo de tirar o vistoriador de ambientes insalubres e elevar a confiabilidade da atividade. Além de aumentar a segurança dos trabalhadores dessa área, o projeto busca reduzir o risco de acidentes ferroviários. Os outros projetos selecionados são um software para gestão de pessoas que utiliza fatores psicossociais para prever e evitar acidentes no trabalho e um sistema integrado desenvolvido em plataforma web para controle e redução de fatores estressores. 

O Edital de Inovação para a Indústria é uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do SESI que seleciona e financia projetos de inovação em seis categorias. O objetivo é ajudar o setor industrial a ser mais competitivo. Neste ano, o Edital vai investir R$ 53,6 milhões nas propostas escolhidas, com custo individual de R$ 75 mil a R$ 400 mil. A seleção é feita com base em critérios como potencial de inovação e de comercialização do produto ou do processo. Além do fomento, as instituições oferecem apoio para desenvolver os projetos selecionados por meio dos Centros de Inovação SESI, dos Institutos SENAI de Inovação e dos Institutos SENAI de Tecnologia. 

Confira as categorias do Edital de Inovação:

A – Inovação tecnológica para grandes e médias empresas;
B – Inovação tecnológica para micro e pequenas empresas industriais e startups;
C – Empreendedorismo industrial - inovação na cadeia de valor;
D – Inovação em saúde e segurança do trabalho e promoção da saúde;
E – Inovação setorial em segurança e saúde no trabalho e promoção da saúde para indústrias de construção, frigorífico e mineração;
F – Empreendedorismo industrial em segurança e saúde do trabalho e promoção da saúde;

SAIBA MAIS - Acesse o site do Edital de Inovação para a Indústria.

Por Helayne Boaventura
Da Agência CNI de Notícias

Leia mais

Na MEI, Ministério da Saúde anuncia parceria de R$ 150 milhões com a Embrapii para tecnologias voltadas à saúde

SESI lança plataforma com soluções em saúde e segurança no trabalho para a indústria

ARTIGO - Fator Acidentário de Prevenção: detalhe que faz diferença na gestão de segurança e saúde no trabalho

Empresas Whirlpool e Cogel buscam projetos de startups com oferta de até R$ 150 mil no Edital de Inovação para a Indústria

SISTEMA INDÚSTRIA NAS REDES SOCIAIS

CNI: SlideShare | YouTube | Flickr | Google Plus | Instagram | Facebook | Twitter | SoundCloud | LinkedIn
SESI: Facebook | YouTube | LinkedIn
SENAI: Facebook | Instagram | YouTube | Spotify | Twitter | LinkedIn
IEL: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube | Snapchat | LinkedIn

Comentários