NOTÍCIAS

25 de Outubro de 2017 às 16:58

A- A A+

Exposição do Prêmio Marcantonio Vilaça começa viagem pelo Brasil

A fase itinerante da mostra foi inaugurada em Brasília e vai até o dia 22 de dezembro, com entrada franca. Os trabalhos vencedores da sexta edição do Prêmio também vão passar por outras capitais brasileiras

Além dos trabalhos premiados, a exposição faz uma homenagem ao artista Sérvulo Esmeraldo dentro do projeto Arte e Indústria

Exposição-do-Prêmio-Marcantonio-em-Brasília-1140-x-600.jpg

Os trabalhos vencedores da mais importante premiação de artes plásticas no Brasil já podem ser vistos pelos brasilienses. Uma exposição com as obras da sexta edição do Prêmio CNI SESI SENAI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas fica no Espaço Cultural Marcantonio Vilaça, do Tribunal de Contas da União (TCU), até o dia 22 de dezembro. A entrada é gratuita. A fase itinerante da mostra também vai passar por Goiânia, Fortaleza, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

Além da exposição com trabalhos dos cinco artistas premiados: Daniel Lannes (Niterói - RJ), Fernando Lindote (Florianópolis), Jaime Lauriano (São Paulo), Pedro Motta (São João Del Rei - MG) e Rochelle Costi (São Paulo),  é realizada a terceira edição do Projeto Arte e Indústria com a exposição “A Intenção e o Gesto”, que exibe a obra do grande artista cearense Sérvulo Esmeraldo, homenageado desta edição, em diálogo com 11 artistas contemporâneos. Um passeio pela arte contemporânea brasileira, por suas reflexões, provocações e surpresas.

"É a primeira vez que Brasília recebe o conjunto completo das ações do Prêmio Marcantonio Vilaça. Além dos trabalhos premiados, temos aqui a maior exposição do Sérvulo Esmeraldo. É uma mostra completa que você tem desde um grande mestre da arte brasileira, até os vencedores do Prêmio", destaca o curador da exposição, Marcus Lontra. 

Marcantonio Vilaça é filho do ex-ministro do TCU, Marcos Vilaça, que também foi presidente do Tribunal. Na abertura da mostra, o vice-presidente do TCU, ministro José Múcio Monteiro Filho, falou dessa homenagem e da parceria com o Sistema Indústria no investimento em cultura. Ouça:


Para o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, o prêmio é uma forma de reverenciar o artista Marcantonio Vilaça e também de dar continuidade ao trabalho que ele iniciou de descobrir e valorizar novos talentos brasileiros. "Nosso foco é a educação voltada para a indústria, para o mundo do trabalho e para as novas tecnologias. É através da arte e da cultura que nós temos melhorado a forma de aprendizado dos jovens, com mais respeito a questões políticas, públicas e econômicas. Esse jovem que tem um ideal de construir um Brasil diferente do que nós temos. E certamente, o Prêmio é fundamental na educação deles", diz. 

O Prêmio Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas é uma iniciativa da CNI, do Serviço Social da Indústria (SESI) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).

CENTRO CULTURAL DO TCU – Com novas instalações, o Centro Cultural do TCU é integrado pelo Espaço Cultural Marcantonio Vilaça, pelo Museu do TCU Guido Mondin, pelo Programa Educativo do TCU e pela Biblioteca de Arte Marcantonio Vilaça. O local mantém aberta à visitação permanente a exposição “TCU – a Evolução do Controle”, que narra a trajetória do controle de contas desde o século XIII, em Portugal, e segue com a criação do Tribunal em 1890 até os dias atuais.

Todas as exposições que ocorrem no Centro Cultural do TCU são inseridas no Programa Educativo desenvolvido pelo Tribunal. Trata-se de um projeto permanente que promove visitas orientadas diárias e programadas ao Museu do TCU e ao Espaço Cultural Marcantonio Vilaça, fornecendo material educativo, lanche e transporte para alunos de instituições públicas de ensino do Distrito Federal.

SAIBA MAIS  - Veja as fotos da exposição em Brasília no Flickr da CNI.

MOSTRA DO PRÊMIO CNI SESI SENAI MARCANTONIO VILAÇA PARA AS ARTES PLÁSTICAS
Onde: 
Espaço Cultural Marcantonio Vilaça (TCU) - Setor de Clubes Esportivos Sul / SCES - Trecho 3 lote 3, Brasília (DF)
Visitação: 25 de outubro a 22 de dezembro
Horário: de segunda a sexta-feira (9h às 19h); sábados (14h às 18h)
Agendamentos para escolas e grupos: (61) 3316 - 5221
ENTRADA FRANCA

Por Sirlei Pires
Foto: Miguel Ângelo
Da Agência CNI de Notícias

Leia mais

SESI inaugura Museu Digital de Campina Grande

Conheça os medalhistas brasileiros da WorldSkills 2017

Maioria dos brasileiros avalia SENAI e SESI como ótimos ou bons

Conheça os vencedores do Prêmio Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas

SISTEMA INDÚSTRIA NAS REDES SOCIAIS

CNI: SlideShare | YouTube | Flickr | Google Plus | Instagram | Facebook | Twitter | SoundCloud | LinkedIn
SESI: Facebook | YouTube | LinkedIn
SENAI: Facebook | Instagram | YouTube | Spotify | Twitter
IEL: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube | Snapchat | LinkedIn

Comentários