NOTÍCIAS

26 de Outubro de 2017 às 15:48

A- A A+

9 serviços do SESI para a indústria da construção

As soluções vão de consultoria e treinamentos para gestores e trabalhadores à disponibilização de informações e orientações gratuitas na internet

Desde 2012 , o Serviço Social da Indústria (SESI) integra o Programa Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho da Indústria da Construção e desenvolve serviços de segurança e saúde voltados às necessidades do setor. As soluções vão de capacitação a gestores e trabalhadores e consultoria para atendimento a normas regulamentadoras à disponibilização de informações e orientações gratuitas na internet sobre segurança em canteiros de obras.

Neste 26 de outubro, em que se comemora o Dia do Trabalhador da Construção, a Agência CNI de Notícias apresenta nove iniciativas do SESI que melhoram o bem estar e a produtividade de trabalhadores e a competitividade da indústria da construção, que representa 4,9% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Confira:

1. Treinamento para líderes

A iniciativa contribui para o desenvolvimento de habilidades de liderança para agregar à cultura das empresas aspectos de segurança do trabalho. A capacitação ocorre em três níveis hierárquicos: mestres e encarregados; gerentes de contratos e engenheiros; e empresários e diretores. Entre os temas abordados para empresários e diretores de construtoras estão custos diretos e indiretos de acidentes, seguro de acidentes de trabalho (SAT), fator acidentário de prevenção (FAP), nexo técnico epidemiológico previdenciário (NTEP) e ação regressiva acidentária.

 

Engenheiro-1140-x-450.jpg

 

2. Treinamentos admissionais e periódicos

Para atender à norma regulamentadora 18 (NR-18), do Ministério do Trabalho e Emprego, o SESI desenvolve capacitações em segurança no trabalho aos colaboradores da indústria da construção. No treinamento admissional, é desenvolvida metodologia inovadora, com uso de jogos, dinâmicas e vídeos que promovem a participação interativa e despertam a atenção dos trabalhadores para que assimilem o conhecimento. Os treinamentos periódicos tratam de três temas relacionados à prevenção de acidentes e aspectos de saúde. São eles: prevenção ao uso de álcool e drogas; noções básicas sobre doenças sexualmente transmissíveis; e noções básicas de primeiros socorros para a indústria da construção. Além do conteúdo estabelecido em lei, foram inseridas nos cursos abordagens diferenciadas como valorização profissional e da vida e cuidado consigo e com o outro.
 

 

3. Diagnóstico e recomendações para a prevenção dos acidentes de trabalho

O SESI disponibiliza gratuitamente estudo para divulgar informações sobre a segurança e saúde na indústria da construção, com foco nos principais indicadores de acidentes e doenças relacionadas a canteiros de obras e aspectos vinculados a faltas ao trabalho. Em 2011, quando foi lançado a primeira versão do documento, foram distribuídos 5 mil exemplares a gestores de segurança e saúde do trabalho no setor em todo o país. Em 2015, o estudo foi atualizado e distribuído em versão eletrônica. Acesse o documento.
 

 

4. Manual de segurança e saúde no trabalho

Composto de três volumes, o Manual de Segurança no Trabalho para Indústria da Construção apresenta, de maneira detalhada e ilustrada, a implantação de práticas de segurança do trabalho, com orientações para execução de diversas etapas e serviços comuns a diversos tipos de obra. A obra, lançada neste ano, é uma atualização do antigo Manual de Aplicação da NR-18, de José Carlos de Arruda Sampaio. A nova versão foi desvinculada da norma regulamentadora e teve o conteúdo ampliado, contemplando a gestão em segurança e saúde no trabalho. O intuito é que o guia seja utilizado também pelas universidades e cursos de formação técnica, além de canteiros de obra. Acesse o documento completo.

 

Operários-da-construção-1140-x-450.jpg

 

5. Construindo a Segurança

Por meio do projeto Construindo a Segurança, consultores do SESI realizam inspeções em processos e equipamentos adequadas às particularidades das obras. Entre os objetivos da iniciativa, estão propocionar melhores condições de segurança nas obras da indústria da construção, reduzir os acidentes e aumentar a produtividade das empresas. Os interessados em contratar serviços de consultoria devem procurar o SESI em seu estado. 
 


6. Equipamentos de proteção coletiva

O SESI oferece serviço especializado para implantação de equipamentos de proteção coletiva (EPC) nos canteiros de obras. A exigência legal, estabelecida na NR-18, tem o intuito de prevenir acidentes de trabalho, em especial a queda de altura.  Ao todo, são 22 soluções em EPC, como proteção para partes móveis de equipamento e de vergalhões, definição de escadas e rampas, passarelas e redes de proteção. Interessados nesses serviços devem procurar o SESI em seu estado.
 

Operário-com-equipamentos-de-SST-1140-x-450.jpg

 

7. Aprendendo com Segurança e Saúde no Trabalho

A iniciativa Aprendendo com Segurança e Saúde no Trabalho tem o objetivo de sensibilizar os trabalhadores sobre a importância de atuarem de forma mais segura e preventiva. Para garantir maior efetividade, o ação está incorporada na educação de jovens e adultos (EJA), com carga horária de aproximadamente 80 horas, e da educação continuada, com 20 horas. Para contratar esse serviço, os interessados devem procurar o SESI em seu estado.
 

Operários-em-sala-de-aula-760-x-360.jpg


8.    Série 100% Seguro

Desde 2013, o SESI disponibiliza gratuitamente na internet cem vídeos com dicas de segurança em canteiros de obra. Como forma de aprofundar o aprendizado, o SESI desenvolveu ainda com o material cursos de educação a distância relacionados ao tema, em que o trabalhador que tenha desempenho satisfatório pode gerar certificado de conclusão do curso.  A série 100% Seguro está disponível em português com legendas em inglês e espanhol.

 

 

9.    Centros de Inovação

O SESI está desenvolvendo inovações para aumentar a segurança no ambiente de trabalho e melhorar a saúde do trabalhador da indústria. Ao todo, há 19 projetos pilotos em andamento em 33 empresas. O investimento é de aproximadamente R$ 35 milhões. As tecnologias, desenvolvidas nos oito Centros de Inovação SESI, que entraram em operação neste ano em oito estados, devem ser replicadas em  escala nacional a partir do próximo ano por meio de uma plataforma a ser lançada no segundo semestre deste ano. Muitas das inovações poderão ser usadas pela indústria da construção.
 

Inovação-1140-x-450.jpg

 

Por Maria José Rodrigues
Da Agência CNI de Notícias

 

Leia mais

5 serviços do SESI que podem aumentar a competitividade da sua empresa

CBIC e SESI realizam mais de 227 mil atendimentos em ação social do setor de construção

SESI conquista mais um prêmio em segurança e saúde no trabalho

Centros de Inovação do SESI desenvolvem tecnologias para saúde e segurança na indústria

SISTEMA INDÚSTRIA NAS REDES SOCIAIS

CNI: SlideShare | YouTube | Flickr | Google Plus | Instagram | Facebook | Twitter | SoundCloud | LinkedIn
SESI: Facebook | YouTube | LinkedIn
SENAI: Facebook | Instagram | YouTube | Spotify | Twitter
IEL: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube | Snapchat | LinkedIn

Comentários