NOTÍCIAS

8 de Agosto de 2017 às 10:00

A- A A+

Após perder 15 kg, atleta enfrenta desafios da etapa Costa Verde do XTERRA

Márcio Farias emagreceu, ficou mais disposto, melhorou a qualidade de vida e já sonha alto: participar do maior festival de esportes off-road do mundo, o XTERRA 2017. O evento é patrocinado pelo Serviço Social da Indústria (SESI)

O evento, que é o maior de esportes off-road do mundo, já tem mais de 2.000 competidores inscritos para a sexta etapa de 2017

XTERRA-Costa-Verde-1140x600-080817.jpg


Durante os dias 12 e 13 de agosto, o XTERRA volta à região de Costa Verde, em Mangaratiba, Rio de Janeiro. O evento, que é o maior de esportes off-road do mundo, já tem mais de 2.000 competidores inscritos para a sexta etapa de 2017, considerada uma das mais charmosas de toda a competição. O técnico em TI Márcio Wanderson Farias, 35 anos, será um dos atletas amadores a testar sua condição física na modalidade Short Trail Run (9,5 km). As inscrições ainda podem ser feitas por meio do site do torneio.

Até 2015, Márcio era totalmente sedentário. Chegava ao escritório às 9h, permanecia sentado em frente ao computador por várias horas e finalizava o dia deitado no sofá. Quando os quilos a mais começaram a sobressair, seus amigos de trabalho, que naquela época estavam inscritos em uma corrida do Sistema Firjan, insistiram para que ele também participasse da prova. “Achei quase impossível, mas a insistência foi tão intensa que resolvi arriscar”, diz Márcio.

A partir desse episódio, Farias adotou um novo estilo de vida. “A mudança radical começou em meados de 2015. Primeiro, fiz caminhadas e trotes curtos. Aos poucos, passei a correr pequenas distâncias e tomei gosto pela atividade ao ar livre a ponto de me inscrever em grupos de corrida. Hoje, treino três vezes por semana. Corro até 21 km. Já perdi 15 kg, tenho mais de 200 treinos completados e quase 2.000 km percorridos, juntando todas as competições. Vou correr a Short Trail Run, mas a meta para 2018 é completar a famosa modalidade Endurance, com 48 km, no XTERRA”, revela.

A melhoria de vida não veio apenas para os treinos e competições. Márcio também passou a ter mais disposição para trabalhar. “Devo muito aos amigos da Firjan, por terem me apresentado esta atividade. Isso me proporcionou bem-estar e uma vida mais saudável. Hoje, meu trabalho rende muito mais, porque estou sempre bem-disposto e concentrado. Sem contar a autoestima”, acrescenta o atleta.

SOBRE O XTERRA - A competição, que conta com patrocínio do Serviço Social da Indústria (SESI), oferece um ambiente propício para quem ainda não é profissional. Tem como objetivo conceder os melhores circuitos e paisagens aos amantes de esportes off-road.

SAIBA MAIS - O XTERRA nasceu em 1996, no Havaí, criado pelo então atleta Tom Kiely, como a primeira prova de triathlon off-road do mundo. A partir de então, a prova se internacionalizou e hoje está presente em mais de 40 países, na Ásia, América, Europa e África. No Brasil, o XTERRA começou em Ilhabela (SP), em 2005, apenas com a prova de triathlon, com aproximadamente 300 participantes.

Uma das etapas do circuito no Brasil é escolhida para ser classificatória para o XTERRA World Championship, que acontece na Ilha de Maui, no Havaí, e reúne os melhores atletas do mundo. O XTERRA Brazil, em Ilhabela, é válido pelo XTERRA Pam Am Tour e distribui 50 vagas para os melhores triatletas por faixa etária, masculino e feminino, além dos profissionais para a grande final com a nata do triathlon off-road mundial. Oitocentos competidores, de 32 países, disputam a primeira colocação geral em um percurso extremamente desafiador, no terreno vulcânico do arquipélago norte-americano.


Com informações da assessoria de imprensa do XTERRA
Foto: Thiago Lemos / Divulgação XTERRA
Para a Agência CNI de Notícias

Leia mais

VÍDEO: Ex-aluno e ex-professor destaca a qualidade do ensino do SESI

SESI conquista mais um prêmio em segurança e saúde no trabalho

VÍDEO: Investimentos do SESI e do SENAI ajudam a formar milhões de pessoas

SENAI e SESI trabalham pelo desenvolvimento da indústria e do Brasil

SISTEMA INDÚSTRIA NAS REDES SOCIAIS

CNI: SlideShare | YouTube | Flickr | Google Plus | Instagram | Facebook | Twitter | SoundCloud | LinkedIn
SESI: Facebook | YouTube | LinkedIn
SENAI: Facebook | Instagram | YouTube | Spotify | Twitter
IEL: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube | Snapchat | LinkedIn

Comentários