NOTÍCIAS

28 de Junho de 2017 às 14:30

A- A A+

Startups revolucionam desenvolvimento da indústria brasileira

CEO da next47, empresa que pertence à Siemens e tem a função de buscar startups para a gigante alemã, afirma que companhias precisam eliminar o medo de intermediar o negócio

painel-startups-1140-280617.jpg
selo inovacao 2017 O mundo passa por inúmeras transformações na forma de produzir resultantes do desenvolvimento tecnológico. Nesse processo, as startups – novas empresas que exploram atividades inovadoras – têm ganhado cada vez mais espaço no Brasil. Elas foram o tema de dois paineis do Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria, realizado em São Paulo pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo Sebrae.

“Passamos mundialmente por uma mudança de paradigmas. A tecnologia tem mudado muito. É preciso eliminar o medo de intermediar o negócio, cortar o investimento tradicional e partir para um novo modelo de negócios em que as empresas terão de estar cada vez mais interligadas umas às outras”, destacou Lak Ananth, CEO da next47, que pertence à alemã Siemens. A função da next47 é buscar startups para dentro da Siemens e levá-las para os grandes clientes da empresa.

Grandes multinacionais com presença no Brasil, como a Microsoft e a Samsung, trabalham também em parceria com startups e têm atuado para promover a cultura da inovação no país. “Temos uma jornada empreendedora, capacitamos crianças dos 6 aos 15 anos com o acesso à tecnologia. Tudo isso gratuito. Doamos também softwares para escolas para incentivar professores. Mais de 30 mil pessoas por ano estão sendo capacitadas”, disse Franklin Luzes Junior, COO da Microsoft.

Lak-Ananth-CEO-da-next47-380-280617.jpg
PROCESSO DECISÓRIO - Para o russo Alexander Idrisov, CEO do Instituto de Competitividade Eurasia, alguns pontos são fundamentais para uma startup dar certo: estratégia, gestão, montagem de equipe e tomada de decisões com celeridade. “É muito importante ser decisivo e enxuto no processo decisório. E a universidade é o melhor recurso para se alinhar com o meio empresarial. Vocês, no Brasil, devem envolver ainda mais essa geração nova. Eles são o futuro”, aconselhou.

O diretor-executivo da Associação Brasileira de Startups (ABS), Rafael Ribeiro, afirmou que as startups já são realidade no país e muitas trabalham em parceria, com intercâmbio entre elas próprias. A associação tem 4.600 startups filiadas. “Esse mercado tem crescido muito. É um caminho sem volta”, frisou.

A diretora técnica do Sebrae, Heloisa Menezes, citou a “Síndrome Kodak”, uma expressão que tem sido usada no mundo corporativo para identificar situações em que grandes empresas já estabilizadas são ameaçadas e até mesmo destruídas por pequenos negócios que introduziram inovações capazes de revolucionar o mercado.

“As empresas quando crescem e atingem o grau de maturidade precisam estar atentas à necessidade de se reinventarem. Entretanto, é muito comum que executivos de grandes corporações resistam às inovações e não consigam perceber a oportunidade que a associação com pequenos negócios representa”, comentou Heloisa. Em contraposição, ela lembrou do exemplo do Facebook que soube enxergar a inovação a partir dos seus competidores, como Instagram e Whatsapp.

Segundo Heloisa Menezes, em um contexto de economia hiperfluida e de competição global, as empresas precisam ser cada vez mais inovadoras e mutáveis e não podem se acomodar com o crescimento linear enquanto outras realizam um crescimento exponencial. Por esse motivo, de acordo com a diretora, apoiar o crescimento das startups por meio de parcerias com as grandes empresas tem sido foco das ações do Sebrae.

“Vimos vários exemplos neste Congresso de Inovação que comprovam a importância dessa relação, seja desenvolvendo departamentos dentro das grandes empresas para acomodar as startups ou até mesmo incorporando esses pequenos negócios inovadores e as soluções que eles apresentam”, disse.


CONGRESSO DE INOVAÇÃO - Acesse o site oficial para mais informações sobre o evento. Acompanhe a cobertura completa do Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria:


17/05/2017Futuro da indústria no mundo digital é o tema central do Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria

13/06/20177 razões para você não perder o 7º Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria

22/06/2017 ENTREVISTA: Inovação é uma das principais formas para tornar empresas mais competitivas, diz Ricardo Pelegrini

26/06/2017 Empresários, especialistas e autoridades debatem sobre os rumos da inovação na indústria no Brasil

26/06/2017 Projeto Indústria 2027 mostrará oportunidades e desafios para a indústria brasileira diante da nova revolução industrial

27/06/2017CNI e Sebrae anunciam empresas vencedoras do Prêmio Nacional de Inovação 2016/2017

27/06/2017ARTIGO: Um acerto com o futuro

27/06/20179 megatendências da inovação que vão transformar a indústria

27/06/2017 - Inovação é imperativo para o crescimento da indu´stria e do país, afirma CNI

27/06/2017 - Carros serão substituídos por veículos autônomos até 2025, diz Peter Diamandis

28/06/2017Inovações disruptivas criam oportunidades de negócios para a indústria brasileira

28/06/2017 - Manufatura avançada transforma indústria mundial

28/06/2017 - Startups revolucionam desenvolvimento da indústria brasileira

28/06/2017 - Conheça 22 cases que evidenciam o valor da inovação no país

29/06/2017 - 9 destaques do Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria


Por Diego Abreu, de São Paulo
Fotos: José Paulo Lacerda
Para a Agência CNI de Notícias

Leia mais

Edital de Inovação para a Indústria divulga projetos aprovados no primeiro ciclo de 2017

9 megatendências da inovação que vão transformar a indústria

CNI divulgará na segunda-feira (3), os Indicadores Industriais de maio

ENTREVISTA: Cortar investimentos em inovação é dar tiro no pé, diz professor da INSEAD

SISTEMA INDÚSTRIA NAS REDES SOCIAIS

CNI: SlideShare | YouTube | Flickr | Google Plus | Instagram | Facebook | Twitter | SoundCloud | LinkedIn
SESI: Facebook | YouTube | LinkedIn
SENAI: Facebook | Instagram | YouTube | Spotify | Twitter | LinkedIn
IEL: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube | Snapchat | LinkedIn

Comentários