NOTÍCIAS

11 de Abril de 2017 às 17:17

A- A A+

Empresas juniores qualificam profissionais e impulsionam negócios, diz gerente do IEL

Instituto Euvaldo Lodi apoia campanha Contrate uma EJ, lançada nesta segunda-feira (10), pela Brasil Júnior, em evento de celebração do primeiro ano da Lei da Empresa Júnior

Lançamento-do-projeto-Contrate-um-EJ-760-x-360.jpg Dar visibilidade às empresas juniores (EJs) é o objetivo do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e da Confederação Brasileira de Empresas Juniores, conhecida como Brasil Júnior, entidade que lançou nesta segunda-feira (10) a campanha Contrate uma EJ.

As entidades celebraram o aniversário de um ano da aprovação da Lei 13.267, a Lei da Empresa Júnior, e o lançamento da plataforma de contratação de EJs virtual, o EJ Consultoria, durante evento realizado na Confederação Nacional da Indústria (CNI).

“As EJs são ótimas para a busca de soluções técnicas e aplicação de ferramentas nas empresas. Elas qualificam profissionais para o futuro e impulsionam empresas com soluções objetivas”, destacou o gerente-executivo de desenvolvimento empresarial do IEL, Eduardo Fayet. Segundo ele, a aprovação da lei, em 2016, levou segurança jurídica e técnica para o processo de contratação de empresas juniores.

O IEL e a Brasil Junior iniciaram no ano passado uma parceria com o objetivo comum de fortalecer o vínculo entre os centros de conhecimento e os setores empresariais. O gerente do IEL observou que a principal missão do instituto é exatamente a interação entre universidade e empresa. “Como o mercado está ficando mais complexo, em função da competitividade, é muito importante que haja uma atuação de profissionais em fase de formação na realidade empresarial”, frisou.

AUMENTO NO NÚMERO DE EMPRESAS – O presidente-executivo da Brasil Júnior, Andrei Golfeto, observou que a aprovação da lei incentivou a criação de novas EJs no país. “Conseguimos em um ano sair de 310 para mais de 440 empresas juniores, passando de 17 para 22 estados brasileiros e subindo de 11 mil para 16 mil universitários. Foi um crescimento em larga escala que fez com que as EJs tivessem mais legitimidade”, detalhou.

Segundo Golfeto, a plataforma virtual Contrate uma EJ conectará empresas juniores ao mercado de pequenos negócios, o que, na avaliação dele, terá como consequência a maior competitividade, eficiência, rentabilidade e lucratividade para quem contar com serviço de consultoria de EJs. 

Autor do PL 13.267, o senador José Agripino Maia (DEM-RN) participou do evento em celebração a sanção da lei. Ele ressaltou o fato de o lançamento da campanha Contrate uma EJ ter ocorrido na sede da Confederação Nacional da Indústria. “Este evento está sendo feito no melhor lugar possível, na catedral do empreendedorismo brasileiro, que é a CNI”, afirmou. “Temos que incentivar cada vez mais a busca por empresas juniores. A EJ tem a particularidade de ser uma empresa que busca desafios. O jovem topa a parada e encontra a saída. Isso é próprio da juventude, que resolve o que os tradicionais não resolveram”, completou.

Também participaram do evento representantes da CNI, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), do Ministério da Educação, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e representantes de EJs, como a AD&M Consultoria Empresarial, da Universidade de Brasília (UnB), escolhida no ano passado pela Brasil Junior como a melhor empresa júnior do país.

O QUE É UMA EJ? – Empresa Júnior é uma associação civil sem fins lucrativos, formada e gerida por alunos universitários, orientados e supervisionados por professores ou profissionais com experiência no mercado. O objetivo é fomentar o aprendizado prático do estudante, além de aproximar o ambiente acadêmico do ambiente empresarial. Os estudantes têm como missão elaborar projetos de consultoria para o desenvolvimento de ações empreendedoras e efetivas que possam contribuir com negócios que atuam no mercado.

Por Diego Abreu
Foto: José Paulo Lacerda / CNI
Da Agência CNI de Notícias

Leia mais

A sua empresa é inovadora? Descubra no teste do IEL

Medo do desemprego diminui, mas se mantém em patamar elevado, informa CNI

ARTIGO: Momento de reformas

Confira as mais lidas da Agência CNI de Notícias entre os dias 3 e 9 de abril

SISTEMA INDÚSTRIA NAS REDES SOCIAIS

CNI: SlideShare | YouTube | Flickr | Google Plus | Instagram | Facebook | Twitter | SoundCloud | LinkedIn
SESI: Facebook | YouTube | LinkedIn
SENAI: Facebook | Instagram | YouTube | Spotify | Twitter
IEL: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube | Snapchat | LinkedIn

Comentários