NOTÍCIAS

3 de Fevereiro de 2017 às 13:04

A- A A+

PDA planeja ações para 2017

Publicado em 02/02/2017 pelo site da FIEB.

Voltado para o fortalecimento dos sindicatos empresariais, o Programa de Desenvolvimento Associativo (PDA), coordenado nacionalmente pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e executado, na Bahia, pela Gerência de Relações Sindicais da FIEB, definiu as ações que deverão ser oferecidas em 2017 para os sindicatos patronais e empresários.

As ações em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) incluem cursos para orientar empresários sobre leis trabalhistas, fiscalização do trabalho, normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, eSocial e regimes tributários. Serão realizadas 12 turmas, voltadas a gestores de micro e pequenas indústrias, em toda a Bahia. Estão programadas, ainda, duas oficinas para líderes e executivos sindicais e um Bate-papo Sindical, ação que promove a discussão de boas práticas das entidades.

Ainda dentro do Programa estão previstas 15 reuniões do Intercâmbio de Lideranças Setoriais, para troca de informações e experiências de interesse setorial entre presidentes sindicais de todo o país.

O PDA seguirá oferecendo apoio à implantação de sites e boletins eletrônicos, assim como à realização de planejamentos estratégicos dos sindicatos. Uma novidade é o desenvolvimento do aplicativo da Rede Sindical da Indústria, que facilitará ainda mais a interação e o alinhamento entre sindicatos, federações e a CNI.

Além das diversas ações, a CNI também abriu prazo para que as federações apresentem propostas de projetos inovadores para promoção do associativismo. As propostas serão analisadas tecnicamente e as que forem selecionadas contarão com apoio técnico e financeiro da CNI.

SISTEMA INDÚSTRIA NAS REDES SOCIAIS

CNI: SlideShare | YouTube | Flickr | Google Plus | Instagram | Facebook | Twitter | SoundCloud | LinkedIn
SESI: Facebook | YouTube | LinkedIn
SENAI: Facebook | Instagram | YouTube | Spotify | Twitter
IEL: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube | Snapchat | LinkedIn

Comentários