NOTÍCIAS

12 de Dezembro de 2016 às 11:06

A- A A+

Estagiários também contribuem com os resultados, diz gerente de empresa vencedora do Prêmio IEL de Estágio

Vencedora Prêmio IEL de Estágio 2016
1º lugar categoria Média Empresa – Ana Paula Baseggio Lehmkuhl
A aposta de muitas empresas tem sido investir no desenvolvimento do estagiário e preparar um profissional que, ao término do curso de graduação, venha a ser contratado. Além de aprender com a vivência do dia a dia empresarial e colocar em prática a teoria absorvida na faculdade, o estagiário tem papel importante nas empresas e, em muitos casos, contribui com os resultados das companhias. É o que acontece, por exemplo, na Dot Digital Group, vencedora do Prêmio IEL de Estágio na categoria Média Empresa.

“A gente tem um programa de estágio bem consolidado, que foca no desenvolvimento dos estagiários. Temos todo um trabalho com games e também trabalhamos bastante a inovação. Todos os estagiários contribuem com metas da empresa”, destaca Ana Paula Baseggio Lehmkuhl, gerente de desenvolvimento humano e organizacional da Dot Digital Group. “O nosso programa de estágio visa o desenvolvimento dos estagiários, dos colaboradores e de todos, uma vez que os estagiários também contribuem com os resultados da empresa. O frescor da universidade realmente oxigena a nossa empresa”, completa.

De acordo com Ana Paula, os estagiários da empresa têm horas específicas para desenvolver um projeto sob a supervisão de profissionais. O trabalho, conforme ela, precisa ser necessariamente atrelado às metas do planejamento estratégico do grupo, com previsão de verba para a capacitação do estagiário, além de uma bolsa diferenciada em relação ao mercado.

Primeira colocada do prêmio na categoria Grande Empresa, a Amêndoas do Brasil também tem como política investir na capacitação do estagiário. Segundo a gestora de recursos humanos da empresa, Sandra Oliveira, o perfil mais valorizado para o estágio é de pessoas com a cabeça aberta, voltadas para inovação e dispostas a trabalhar em equipe. O objetivo da Amêndoas é sempre preparar o estagiário para uma futura contratação. “Antes de oferecer uma vaga para estágio, temos a preocupação de saber se existe uma vaga para efetivação. O grande diferencial da empresa é que buscamos o estagiário e o desenvolvemos para que ele seja um profissional efetivado da empresa”, detalh. “Ele tem que aplicar todo o conhecimento teórico e trazer esse aprendizado para dentro da empresa”, acrescenta Sandra.

1º lugar categoria Ensino Superior - FAESA/ES - Marciane Jahring
1º lugar categoria Ensino Superior - FAESA/ES - Marciane Jahring
PREPARAÇÃO PARA O MERCADO - Alice Constantino, analista de RH do grupo Rio Deserto (1º lugar na categoria Pequena Empresa), alerta que o estagiário não é visto somente como alguém que vai aplicar a teoria à prática. “O objetivo é que o estagiário possa sair mais preparado para o mercado de trabalho e também para que a gente possa aproveitar esse profissional dentro da empresa. O nosso histórico é de aproveitar estagiários, treinando e capacitando, para justamente serem novos contratados da empresa. Esse é o nosso objetivo principal”, diz.

Marciane Jahring, supervisora de estágio da FAESA/ES (1ª colocada na categoria instituição de ensino superior), afirma que o profissional que hoje tem uma carreira de sucesso em geral foi ontem um estudante que teve boas oportunidades de estágio. “Vale a pena acreditar nessa atividade. O estágio muda a vida do aluno, da empresa, da instituição de ensino”, enfatiza.

A grande vencedora da categoria Estagiário Destaque, Carla Naiane Pires da Silva, do Rio Grande Norte, conta que o estágio tem sido fundamental para a sua carreira. “Inicialmente, eu tinha apenas o sentimento acadêmico, de estudar e pesquisar. Agora, como estagiária, eu vi como é o mercado de trabalho, como funciona a empresa por dentro e estou sabendo aplicar o meu conhecimento para ajudar a empresa e para crescer profissionalmente”.

Por Diego Abreu
Fotos: Miguel Ângelo
Da Agência CNI de Notícias

Leia mais

  • Nenhuma notícia relacionada
  • SISTEMA INDÚSTRIA NAS REDES SOCIAIS

    CNI: SlideShare | YouTube | Flickr | Google Plus | Instagram | Facebook | Twitter | SoundCloud | LinkedIn
    SESI: Facebook | YouTube | LinkedIn
    SENAI: Facebook | Instagram | YouTube | Spotify | Twitter
    IEL: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube | Snapchat | LinkedIn

    Comentários