NOTÍCIAS

28 de Setembro de 2016 às 10:36

A- A A+

Exposição do Prêmio Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas chega a Recife

Mulher observa a exposição do Prêmio Marcantônio Vilaça em Recife
Antes de chegar a Recife, a mostra passou por Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Curitiba
O Prêmio CNI SESI SENAI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas desembarcou, nesta terça-feira (27), na cidade natal do artista que dá nome à premiação. Recife é o último destino a receber a fase itinerante do projeto. As obras de Berna Reale, Gê Orthof (DF), Grupo EmpreZa (GO), Nicolás Robbio (SP) e Virgínia de Medeiros (BA) podem ser vistas no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (MAMAM) até 27 de novembro. No museu também estão expostas algumas obras da homenageada dessa edição, a artista Amelia Toledo.

O visitante poderá conhecer ainda o projeto de curadoria vencedor da 5ª edição do prêmio: a mostra “Zona de Perigo”, do goiano Divino Sobral, que tem trabalhos de 12 artistas brasileiros com suas visões sobre criminalidade, violência, segurança e justiça. “Essa mostra nasceu de um processo de pesquisa premiado. A ideia é fazer pensar sobre que direito tem um homem de culpar e de matar o outro”, explica Sobral.

Antes de chegar a Recife, a mostra passou por Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Curitiba. Para o brasiliense Gê Orthof, é de extrema importância a oportunidade de mostrar os trabalhos em diferentes cidades. “Essa edição do Prêmio mostrou uma produção do país como um todo. Colocar isso em circulação pelas capitais é único e serve de incentivo para outros artistas”, afirma. A artista Berna Reale também se empolga quando o assunto é levar as obras a diferentes lugares do Brasil. “O Prêmio Marcantonio Vilaça só nos incentiva a continuar. A achar que ainda vale a pena fazer arte neste país”Ouça:

O PRÊMIO – O Prêmio CNI SESI SENAI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas é uma iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) , do Serviço Social da Indústria (SESI) e do S erviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) . A ideia é promover a integração das artes em suas diversas manifestações e fortalecer os acervos públicos brasileiros. Em outubro será lançada a sexta edição do Prêmio.

Para o superintendente do SESI de Pernambuco, Nilo Simões, estimular a arte contemporânea é fundamental. “Os artistas também aprovam essa iniciativa porque traz abertura de mercado e novos conhecimentos. A arte está inserida na economia”, finaliza.

FOTOS DA EXPOSIÇÃO – Veja como foi a abertura da exposição em Recife. As fotos estão no Flickr da CNI .

QUER VISITAR? VEJA OS DIAS E HORÁRIOS:
Mostra do 5º Prêmio CNI SESI SENAI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas
Local: Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (MAMAM) - Rua da Aurora, 265, Boa Vista – Recife
Período: 28/09 a 27/11/2016
Horários: terça a sexta-feira – das 12h às 18h
Sábados e domingos – das 13h às 17h
ENTRADA GRATUITA

Por Sirlei Pires, de Recife
Foto: José Paulo Lacerda/CNI
Da Agência CNI de Notícias

SISTEMA INDÚSTRIA NAS REDES SOCIAIS

CNI: SlideShare | YouTube | Flickr | Google Plus | Instagram | Facebook | Twitter | SoundCloud | LinkedIn
SESI: Facebook | YouTube | LinkedIn
SENAI: Facebook | Instagram | YouTube | Spotify | Twitter
IEL: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube | Snapchat | LinkedIn

Comentários