NOTÍCIAS

17 de Novembro de 2014 às 17:04

A- A A+

Prêmio Marcantonio Vilaça bate recorde de inscrições e divulga artistas selecionados

Prêmio Marcantonio
A atriz Fernanda Montenegro e o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, durante o lançamento da quinta edição do Prêmio Marcantonio Vilaça em maio deste ano
O Prêmio CNI SESI SENAI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas acaba de divulgar os 30 artistas selecionados. A quinta edição do Prêmio recebeu 581 inscrições, quase o dobro da edição anterior quando foram registradas 323. A avaliação dos trabalhos foi feita por um criterioso júri de seleção, inclusive com curadorias regionais.

Em 2015, o seleto grupo com representantes de vários estados vai participar de uma exposição no Museu de Arte Contemporânea ( MAC ), em São Paulo. A mostra vai ser realizada a partir de abril, quando também serão conhecidos os cinco artistas vencedores. O Prêmio Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas é uma iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) , do Serviço Social da Indústria (SESI) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) .

Veja a lista dos 30 artistas selecionados




Um dos curadores do Prêmio, Marcus Lontra, ressalta a qualidade dos artistas que participam dessa edição. “Diante do alto nível dos inscritos, foi muito difícil para o júri fazer as escolhas. Isso mostra o interesse pela premiação que é sem dúvida a iniciativa mais importante no país na área de arte contemporânea”, afirma.

Lontra também destaca os impactos positivos dessa relação íntima entre arte e indústria. Ouça:

Para a curadora Cristiana Tejo, o processo de seleção mostra que o Brasil tem uma safra de inúmeros artistas com trabalhos consolidados. “É difícil encontrar em uma premiação tantos trabalhos com tamanha qualidade. A arte brasileira vive um momento de muita maturidade e como o nosso país é continental, esse prêmio é extremamente importante”, finaliza.

MUDANÇAS - Entre as novidades dessa quinta edição do Prêmio está o aumento do valor da bolsa de pesquisa para os vencedores, que passa de R$ 30 mil para R$ 40 mil. Também foi feita uma parceria com a Universidade Metropolitana de Manchester, da Inglaterra. Um artista e um curador, a serem definidos pela curadoria do prêmio, participarão de uma residência na Faculdade de Artes da universidade inglesa. Além disso, há uma inédita premiação para curadores emergentes.

Por Sirlei Pires
Foto: José Paulo Lacerda
Do Portal da Indústria

Leia mais

  • Nenhuma notícia relacionada
  • SISTEMA INDÚSTRIA NAS REDES SOCIAIS

    CNI: SlideShare | YouTube | Flickr | Google Plus | Instagram | Facebook | Twitter | SoundCloud | LinkedIn
    SESI: Facebook | YouTube | LinkedIn
    SENAI: Facebook | Instagram | YouTube | Spotify | Twitter
    IEL: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube | Snapchat | LinkedIn

    Comentários