NOTÍCIAS

9 de Dezembro de 2013 às 13:01

A- A A+

Brasileiros dizem que ficou mais fácil subir na vida na última década

É mais fácil subir na vida hoje do que há dez anos. Essa é a opinião de 63% da população brasileira. E 57% se sentem mais seguros em relação à sua situação financeira do que há uma década. Os dados são da pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira: Padrão de Vida , feita pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com o Ibope, com 2.002 pessoas em 143 municípios.

No levantamento inédito, os brasileiros apontaram os quesitos necessários para vencer na vida. De acordo com 95% dos entrevistados, ter uma boa educação é essencial ou muito importante para melhorar o padrão de vida. Em seguida, com 94% das respostas essencial ou muito importante, aparece o quesito ter capacidade, inteligência ou talento. Em terceiro lugar (88%), os brasileiros dizem que é essencial ou muito importante trabalhar duro. O levantamento mostra ainda que conhecer as pessoas certas  (82%) e nascer em uma família rica (31%) também são decisivos para subir na vida.

A CNI fez a pesquisa para entender o consumidor atual e seu nível de confiança no futuro. Entre os entrevistados, 75% dizem pertencer à classe média, 21% à classe baixa, 2% à classe alta e o restante não soube ou não quis responder. A pesquisa mostra que as pessoas têm uma percepção positiva com relação à evolução do seu padrão de vida e de perspectiva sobre o futuro de seus filhos: 77% consideram seu padrão de vida melhor ou muito melhor do que o de seus pais. E 84% acreditam que os filhos terão padrão de vida melhor ou muito melhor do que o de hoje.

De forma geral, o brasileiro demonstra satisfação com a própria vida. Do total de entrevistados, 82% dizem estar muito satisfeitos ou satisfeitos. Mas o nível de satisfação é maior em relação à vida familiar do que à situação financeira pessoal. Os percentuais dos que se classificam como satisfeitos é de 94% e 69%, respectivamente.

PREOCUPAÇÃO COM A APOSENTADORIA -
Apesar da confiança em alta, o brasileiro tem medo de ficar sem trabalho e de não conseguir ter uma boa aposentadoria. Do total dos entrevistados, 71% disseram ter receio de perder o emprego ou de serem obrigados a fechar o negócio. E um número maior de pessoas, 74%, tem medo de não ter dinheiro suficiente para se aposentar.

“A satisfação com a vida não elimina a preocupação com o futuro. Os brasileiros se preocupam em perder o padrão de vida que têm hoje e em não ter dinheiro suficiente para a aposentadoria”, afirma o gerente executivo de Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca.

Além disso, 47% acham que a diferença de renda entre ricos e pobres aumentou nos últimos dez anos. Para 29% diminuiu e para 18% permaneceu igual. Outros  6% não souberam responder.

PRINCIPAIS NÚMEROS

Classe social e padrão de vida do brasileiro:
• 75% dos brasileiros dizem pertencer à classe média;
• 44% dos entrevistados, independente de classe social, perceberam melhora na sua classe social relativamente à classe social da sua família durante a infância;
• 77% dos entrevistados consideram seu padrão de vida melhor ou muito melhor que o
padrão dos pais quando tinham a mesma idade;
• 84% dos entrevistados acreditam que o padrão de vida que seus filhos terão quando tiverem
a sua idade será melhor ou muito melhor;
• dentre os entrevistados que se classificaram em alguma classe social, 68% afirmam que a
situação da classe social está muito ou um pouco melhor do que há cinco anos;
• 63% dos entrevistados acreditam que é mais fácil subir na vida hoje que há dez anos;
• 47% dos entrevistados acham que a diferença entre ricos e pobres no Brasil aumentou nos
últimos dez anos.

Determinantes para a melhora do padrão de vida:
• brasileiros consideram a “educação” e “ter capacidade, inteligência ou talento” essencial
ou importante para uma pessoa vencer na vida: essa é a percepção de 95% e 94% dos entrevistados, respectivamente.
• 31% acham que nascer numa família rica é essencial ou importante.

Nível de satisfação do brasileiro :
• 94% estão muito satisfeitos ou satisfeitos com a vida familiar;
• 69% dos entrevistados estão muito satisfeitos ou satisfeitos com sua situação financeira;

Preocupação com relação ao padrão de vida
:
• Brasileiro preocupa-se com possibilidade de perder seu padrão de renda:
»» 77% dos brasileiros preocupam-se em perder seu padrão de vida;
»» 74% da população preocupam-se em não ter dinheiro suficiente para se aposentar;
»» 71% dos entrevistados têm receio de ficar sem trabalho, perder o emprego ou ter que
fechar seu negócio.
• 57% dos brasileiros afirmam se sentir mais seguros hoje em relação à situação financeira
que há dez anos.


Por Mariana Flores
Do Portal da Indústria


Retratos da Sociedade Brasileira: Padrão de Vida

SISTEMA INDÚSTRIA NAS REDES SOCIAIS

CNI: SlideShare | YouTube | Flickr | Google Plus | Instagram | Facebook | Twitter | SoundCloud | LinkedIn
SESI: Facebook | YouTube | LinkedIn
SENAI: Facebook | Instagram | YouTube | Spotify | Twitter
IEL: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube | Snapchat | LinkedIn

Comentários